Empregabilidade

Empregabilidade – Qual a meta da sua vida? Só assim você dará os passos certos, na direção e hora devida.

Nos tempos modernos de alta competitividade não se pode delegar para a empresa, a tarefa de cuidar do plano de carreira das pessoas. Antigamente, a empresa era responsável pelo crescimento profissional, bastava conseguir entrar em uma grande empresa que o futuro estava garantido.

Hoje, tudo mudou, você não trabalha para ela! Você trabalha nela para se desenvolver. Usa a estrutura que ela fornece para aprender e crescer, oferecendo em troca o seu trabalho.

Com este novo posicionamento, o profissional estará muito mais consciente do seu papel. Não é de servo. Nós não podemos estar dependentes do que pensa e age uma empresa. Devemos é estabelecer uma posição de parceria. Se a empresa é útil para mim, estarei lá. Se não for, sairei de lá. E o inverso também deverá acontecer, se eu não for uma ferramenta necessária, bye, bye!

Hoje, a busca é para ter uma grande empregabilidade (vamos esquecer a palavra emprego). O profissional deve desenvolver competências e habilidades como se fosse verdadeiramente um “recurso humano” que deve valorizar-se dia-a-dia. Quer avaliar como anda a sua empregabilidade? Quantos convites recebeu para trocar de empresa? E para desenvolver um trabalho paralelamente?

Vamos analisar o extrato do seu investimento. Não é assim que fazemos com o recurso financeiro (dinheiro)? Será que eu investi corretamente na minha carreira nos últimos tempos? Há um ano atrás, quanto eu ganhava de salário? E qual era o valor que o mercado normalmente pagava para alguém como eu? E hoje, quanto ganho e qual deveria ser o salário justo? Se eu estiver recebendo menos que o mercado, vou ficar esperando meu chefe e minha empresa resolverem ser justos ou irei buscar o meu reconhecimento me desenvolvendo?

Deve analisar as suas competências e o mercado para identificar onde quer/pode chegar e quando chegar. Qual a meta da sua vida? Quem será você? Só assim você dará os passos certos, na direção e hora devida. Estabelecer metas que atuem em todas as mais diversas áreas de sua vida para a conquista da felicidade e da realização pessoal. E não apenas financeiras ou hierárquicas.

Deve-se conquistar a empregabilidade vitalícia sem ousar pensar em emprego vitalício. Isto é, tornar-se um profissional preparado para o novo mundo, desta maneira você não terá emprego garantido, se perder o seu, várias empresas vão vir loucos atrás de você.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima