6 dicas para você reter talentos em sua empresa

A rotatividade de funcionários em uma empresa é muito custosa. Quando você perde um bom funcionário, perde o bom desempenho dele. E também tem um enorme custo para recrutar um novo funcionário e treiná-lo para chegar ao nível de desempenho daquele que saiu Os executivos e profissionais ficam nas empresas, em média, cinco anos. Isso significa que 1,66% da empresa está saindo todos os meses. Esta é a média, e pode ser bem mais ou bem menos, dependendo da habilidade da gerência. Como você pode reduzir a rotatividade em sua empresa e reter bons talentos?

As pesquisas do Grupo Catho dão pistas do que é importante para aumentar a satisfação do funcionário com o seu emprego. Nossas pesquisas de 2003 junto a 41.395 respondentes mostraram que o item mais importante é oferecer perspectivas de progresso para o colaborador. Cada um dos seus bons colaboradores precisa sentir a possibilidade de ser promovido e ter avanços em sua carreira. Sem isso, as pessoas começam a procurar outras oportunidades. E não são poucos os que estão sempre de olho no mercado…

No site do Grupo Catho, por exemplo, que tem mais de 110 mil candidatos, observamos que 65% deles estão empregados, procurando uma nova e melhor colocação.

– O primeiro desafio da empresa é o de oferecer concretas perspectivas de progresso no futuro.

– O segundo mais importante item que determina a satisfação do funcionário é o clima organizacional. Aquele clima de um bom astral, onde é um prazer ir trabalhar todos os dias. O desafio da empresa e do líder é injetar energia positiva no ambiente, fazendo com que o dia-a-dia seja agradável.

– O terceiro item mais importante é a remuneração. O dinheiro é fundamental, mas note bem que nossas pesquisas mostram que isso não é o mais importante! Se você pagar abaixo da média do mercado, fará com que muitos busquem oportunidade em outras empresas utilizando uma pesquisa salarial para verificar a legitimidade do que você está pagando.

– O quarto fator mais importante é muito interessante e ainda novo em nosso ambiente empresarial. Nossas pesquisas detectaram que é a responsabilidade social do empregador. As pessoas querem trabalhar em atividades que ofereçam uma contribuição social para nosso mundo. Os funcionários hoje estão ligados nas atitudes e ações de seus empregadores vis-a-vis à sociedade, e querem ver sua empresa trabalhando para o bem-estar social.

– O quinto mais importante fator é o grau de estresse. Aquele ambiente de panela de pressão para resultados rápidos e eficazes influencia negativamente na felicidade e satisfação do colaborador. A competição entre as empresas cria um bom grau de estresse. Faça com que esse grau de estresse não se torne insuportável, ou você vai perder seu bom colaborador.

– O sexto item é o estilo do processo decisório que existe em sua empresa. O processo decisório participativo aumenta a satisfação dos funcionários; os processos autoritários estão em baixa. Para reter seus talentos, faça com que eles participem das decisões, escute o que eles têm a dizer, dê a eles a chance concreta de colaborarem com boas idéias.

Aqui temos seis boas dicas de como reter os talentos em sua empresa. Não esqueça: seu concorrente no mercado de trabalho está de olho nos bons talentos. Os melhores 20% dos seus funcionários são cobiçados por seu vizinho e recebem convites com freqüência. Se você se descuidar haverá, literalmente, uma debandada da equipe da empresa.

Thomas A. Case é fundador do Grupo Catho e se dedica à recolocação profissional desde 1977. Recentemente lançou o livro Como Conseguir Emprego no Brasil do Século XXI Visite o site: www.catho.com.br ?É inquestionável que o sucesso ou fracasso de um negócio será cada vez mais conduzido pela habilidade de se atrair e reter talentos? Tom Tierney

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima