7 dicas para se tornar um apaixonado por vendas

Textos e dicas rápidas para você vender mais

“Eu não busco a perfeição, porque ela é inatingível. Tudo que busco é a excelência profissional”
Tiger Woods

“Se a pessoa me faz rir, sou sua escrava para o resto da vida”
Bette Midler

7 dicas para se tornar um apaixonado por vendas

  1. Encare a profissão de vendas como uma carreira, só assim você se tornará um especialista reconhecido na área.
  2. Procure, diariamente, renovar as suas energias, defina metas que levem você ao sucesso.
  3. Mantenha-se atualizado, estude muito e o seu entusiasmo estará sempre em alta.
  4. Vibre a cada venda realizada, comemore e sinta a felicidade de conquistar um novo cliente.
  5. Faça, no final do dia, uma análise das visitas realizadas e do aproveitamento de cada uma delas, isso vai motivá-lo para o dia seguinte.
  6. Ajude o cliente a obter sucesso com o seu produto ou serviço, ele vai perceber o seu interesse e, sempre que precisar de uma nova aquisição, vai se lembrar de você.
  7. Aprecie a oportunidade de conhecer novas pessoas todos os dias e aproveite para crescer profissionalmente, é sempre importante enriquecer os conhecimentos.

André Silva é palestrante de motivação e vendas.

E-mail: [email protected]

Site: www.palestranteandresilva.com.br

Não se esqueça da família

Confira algumas sugestões para aproveitar a vida familiar com maior periodicidade, sem prejuízo nos compromissos do dia a dia, principalmente quando você tem uma rotina constante de viagens:

  • Menos TV, mais conversa – Muitas pessoas gastam, em média, três horas diárias diante da televisão (se você assiste a jornais, novelas e algum programa nos fins de semana, essa deve ser sua média). Isso significa cerca de 45 dias por ano, passados em frente ao televisor. Em dez anos, são 450 dias e, em 20 anos, 30 meses, em média! É muito tempo, não acha? 30 meses, ou dois anos e meio, é muita vida para desperdiçar com a televisão! Não tenho nada contra a mídia, muito pelo contrário, a informação hoje é essencial, mas sugiro que se passe menos tempo com ela e mais tempo com as pessoas importantes para você. Desligue o televisor e converse com sua família, brinque com seus filhos, ouça seu cônjuge, conte seus problemas. Menos TV e mais vida!
  • Comece a dizer “até logo” antes de ir embora – A pressa nos rouba alguns momentos preciosos, tão simples e óbvios que nem percebemos essa perda. Antes de sair de casa, reserve um ou dois minutos para se despedir das pessoas queridas: dê-lhes um beijo, diga que as ama, que são importantes para você. Isso pode parecer óbvio, mas para uma criança, para seu cônjuge e para sua família faz uma diferença muito grande. Quando esquecer esse gesto, telefone! Adote o hábito simples e saudável de se despedir com carinho.

Extraído e adaptado do livro Você, dona do seu tempo, de Christian Barbosa (Editora Gente).

LinkedIn a seu favor

Veja alguns imperativos do LinkedIn que, se forem trabalhados com sucesso, mudarão a maneira como você comercializa e se conecta com outras pessoas on-line:

  1. Complete seu perfil – É muito simples utilizar o LinkedIn. Não há desculpa para não completar 100% seu perfil no site.
  2. Atualize e comunique-se frequentemente com suas conexões – Você não pode esperar que as pessoas prestem atenção em você, se você nunca tem nada a dizer, comentar ou contribuir. Você deve ver o LinkedIn como uma ferramenta de interação e participar das conversas que acontecem entre as pessoas conectadas a você.
  3. Recomende outras pessoas – Não apenas peça recomendações. Surpreenda alguém e faça uma recomendação. Isso fortalecerá seu relacionamento e colocará o seu link no perfil de alguma outra pessoa. Muitas vezes suas conexões serão recíprocas.

Extraído e adaptado do livro Boom de mídias sociais, de Jeffrey Gitomer (M. Books).

Conversão de vendas

Qual é o seu percentual de conversão para as etapas da venda? Você sabe dizer para quantos clientes precisa telefonar para obter uma visita? E quantas visitas você precisa realizar para fechar uma venda? Estar informado sobre esses números faz toda a diferença na busca por resultados expressivos.

André Vinícius da Silva é palestrante de vendas.

Site: www.andrevinicius.com

Twitter: @professorandre

Encontre uma ligação humana

Independentemente de você estar se apresentando para um consumidor, para um fabricante, para um investidor ou para um profissional de mídia, lembre-se de que você está falando para uma pessoa de carne e osso. Empresas não tomam decisões, as pessoas é que o fazem. Quando você está frente a frente com o tomador de decisões, entre em contato com a pessoa que está ali. Costumava-se dizer a artistas nervosos que eles imaginassem que o público estava nu. Não é disso que estou falando. Seu trabalho não é diminuir o público de modo a se sentir superior, é se conectar com ele estabelecendo um vínculo comum.

Extraído e adaptado do livro A grande ideia – Monte seu próprio negócio, conquiste sua liberdade, seja um vencedor, de Donny Deutsch (Editora Best Business).

Venda devagar

Certa vez, o grupo The Supremes deu um bom conselho sobre vendas: “Você não pode apressar o amor. Só tem de esperar”. Você também não pode apressar um relacionamento. E, como hoje em dia as vendas envolvem vender um relacionamento, você não pode apressar a venda do serviço. Só precisa esperar. Apresse a venda e poderá realizá-la, mas perderá um cliente. O motivo vem do estudo dos relacionamentos fortes: os limites.

Duas pessoas conseguem ter um relacionamento indo além dos limites que costumam estabelecer entre si mesmas e os outros. Mas cada parte vai além dos limites e entra na vida da outra pessoa apenas com seu consentimento, sempre reconhecendo a individualidade e os limites do outro. Mesmo juntas, as pessoas precisam se manter separadas para que se desenvolvam. A venda agressiva viola essa regra. Quem a pratica se apressa, ignorando a necessidade de consentimento, e não respeita o limite alheio. “E daí? Tenho uma cota a atingir”. Isso não funciona. O possível cliente se sente desrespeitado – porque os limites foram desrespeitados.

Extraído e adaptado do livro O que os clientes amam – O guia completo para alavancar seus negócios, de Harry Beckwith (Editora Best Seller).

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima