A máquina que engole tudo

Como nossas empresas entrarão nessa máquina que engole tudo?

Vivemos proclamando o fenômeno computador, que revolucionou a vida pessoal e profissional de todos nós. Mas, em paralelo, a telefonia celular tomou conta do cenário e também está mudando nossa forma de comunicação e abrindo novos canais de negócios. Em junho de 2004, tínhamos 28,6 milhões de aparelhos no Brasil, no início de 2005, mais de 40 milhões, um fenômeno que passa de mão em mão e que também está mudando os hábitos e a forma de as pessoas se comunicarem e de fazerem negócios.

Quem nunca passou por uma destas? Dia desses, dei carona para um senhor muito humilde: de chapéu, bota e um forte sotaque do interior. Ele fumava um palheiro enquanto conversava, alguém muito simples mesmo… de repente, tocou o seu celular, interrompendo nosso bate-papo e deixando apenas uma exclamação na minha cabeça. Meu Deus! Está em todos os lugares. (Era sua esposa querendo saber por que ele estava demorando, isso também não muda.) Brincadeira!

O rádio já foi engolido pelo celular. Vai acabar até com o romantismo do radinho de pilha no estádio. Aparelhos que tocam MP3 estão nascendo e investindo tudo no design para concorrer com o celular, que vai armazenar muito mais músicas em breve (quem sabe os tocadores de MP3 sejam os produtos com a mais rápida curva de crescimento, amadurecimento e morte). A televisão já foi para dentro do celular. Os palms já foram absorvidos por ele, isso tanto é verdade que o inventor e detentor do sistema operacional do palm, dia desses, apareceu na mídia dizendo que estava reinventando-o, porque agora eles também terão telefone celular.

Ora bolas! Ele está simplesmente aceitando que os celulares estão complicando as vendas do seu aparelho. Muita gente pulou direto da máquina fotográfica analógica para a digital do celular (isso complicou a vida da Kodak e de tantas outras). Equipes de vendas e seus celulares com palms já se movimentam entre os clientes. Máquinas de refrigerante já respondem ao seu celular. Empresas já fazem os celulares dos seus clientes tocarem quando passam na frente da loja (invasão de privacidade digital). Até mesmo o GPS já está no celular.

Muito mais que uma divagação, quero compartilhar com você um questionamento que tenho feito com muita frequência. Como nossas empresas entrarão nessa máquina que engole tudo? Tenho a certeza absoluta que não poderemos ficar fora ou ignorar sua presença no mundo dos negócios. Ainda que muitos de vocês, como eu, só use as mesmas duas funções de sempre no celular, precisamos começar já a abrir essa grande porta de operações, de comunicação interna e de relacionamento com o seu cliente. Em breve nos encontraremos com a VendaMais no seu celular.

  

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima