A número um do mundo

Como Andréa Reis se tornou a revendedora mundial número um da Tupperware?

Não ter medo dos desafios, coragem, determinação e persistência. Esses são alguns dos ingredientes que levaram a brasileira Andréa Reis a receber o título de distribuidora número um da Tupperware do mundo. “Eu não tenho medo de nada, sempre tive muita coragem de seguir adiante, adoro desafios”, garante a supervendedora deste mês.

Formada em contabilidade, Andréa sentia desejo de crescer profissionalmente e encarar novos desafios. Por isso, decidiu largar tudo e apostar em vendas. “No começo, enfrentei muitos preconceitos, ouvia meus amigos me chamarem de ‘sacoleira’. Mas nunca dei importância para isso, pois estava fazendo algo de que gostava e que estava me dando um bom retorno financeiro”, conta.

Por mais que a vida e algumas pessoas lhe impusessem obstáculos ou preconceitos, ela revela que sempre pôde contar com um grande incentivo: o dos pais. “Eles foram meus maiores professores e incentivadores, devo a eles grande parte dessa minha ousadia”, considera. E foi justamente na distribuidora Tupperware de seus pais, que em dezembro de 1985, em Guarulhos, ela começou sua trajetória.

Ser vendedora

Desde o início, Andréa desejou não ser apenas mais uma no ramo. “Via todas as revendedoras ganhando muito dinheiro e decidi que eu também podia. Foi então que ingressei como revendedora e realizei minha primeira reunião domiciliar através do sistema de demonstração dos produtos. Mais do que me preocupar com o valor da venda, o que eu realmente tinha como meta era deixar a dona da casa entusiasmada com os produtos e conseguir marcar as próximas reuniões para garantir a continuidade do meu trabalho. Na primeira venda que fiz, percebi que nunca mais ia parar”, relembra.

Os anos se passaram e ela resolveu novamente voar mais longe: aceitou o convite para desenvolver o mercado da Tupperware na região norte do Brasil. E foi nessa região que atingiu a posição número um de vendas no mundo.

Ser número um do mundo pode ser o desejo de muitos, mas será que estão tendo a mesma dedicação e objetividade que ela teve? Segundo Andréa, para chegar lá, “foi preciso ter vontade, entusiasmo, atitude e dedicação, pois conhecimento e técnica não são adquiridos do dia para noite. Foram necessários também coragem e muita persistência”.

Para ela, não se trata apenas de um título: “Significa dever cumprido, ter feito o trabalho com ética, pois as melhores vitórias são conquistadas com muito treinamento, estratégia e dedicação”.

O trabalho

Para ser a melhor, a supervendedora define metas e traça as próprias estratégias de trabalho. “Crio planos de ação para atingir os objetivos e os coloco em prática. Procuro ter sempre estratégias extras, para apimentar o plano já existente e assim chegar mais rápido aos objetivos”, indica. Outro ponto importante, na visão dela, é a atenção ao mercado. “Sempre estudei a minha área de atuação e procuro fazer cobertura total”, garante.

Hoje, a distribuidora comanda uma equipe formada por executivas de vendas, revendedoras e líderes de área, além do suporte de colaboradores internos, que a auxiliam nas estratégias de vendas, marketing e parte administrativa. “Estou sempre com a equipe, busco esclarecer, educar e encorajá-la”, diz.

Além disso, ela conta outro segredo para o sucesso: nunca guardar informações. “Procuro dividir tudo o que sei com meus liderados, não guardo segredo. Gosto de ensinar tudo o que sei e vivo aprendendo com eles. Uma das minhas grandes realizações é transformar a vida das pessoas e, com treinamento, orientação e reconhecimento, procuro mostrar que todas são capazes de chegar aonde desejam”, declara.

Uma boa estratégia de vendas utilizada pela equipe é a chamada reunião domiciliar. Nela, a equipe de vendas procura atingir o maior número possível de pessoas em um único lugar, para sanar dúvidas e dar orientações de como utilizar os produtos.

O cliente

Carinho, respeito e humildade são, para Andréa, os princípios básicos de um bom relacionamento entre vendedor e cliente. Para fidelizar e conquistar novos consumidores, Andréa conta o “pulo do gato”: fazer com que eles se tornem apaixonados. “Quando vendemos o melhor produto do mercado no gênero e estamos seguros disso, passamos confiança e segurança às pessoas, assim a conquista é garantida”, afirma.

Ser supervendedora para ela é estar motivada. “Quando temos motivação, convencemos as pessoas a comprar nossas ideias. Para chegar aonde cheguei, procurei fazer tudo com muita disciplina. Busco atingir minhas metas e desafios, lido de maneira positiva com as objeções, encontrando sempre o melhor caminho para atingir o sucesso. Acredito nos meus sonhos e vou em busca deles todos os dias. Tenho muita paixão pelo meu trabalho. Sinto a cada dia que estou mudando a vida de mais e mais pessoas para melhor, pois vender é ajudar o cliente a realizar um sonho. Este é o lema de todos nós da Tupperware Brasil: ‘Mudar vidas, uma por vez’”, relata.

Em busca do sucesso

Para trilhar o caminho do sucesso, segundo a distribuidora, é essencial:

  • Ter e acreditar em um sonho.
  • Lutar a cada dia para que ele se torne realidade.
  • Ser ousado, não ficar esperando as coisas acontecerem, e sim fazer acontecer.
  • Colocar paixão em tudo o que faz, pois o campeão vive com empenho e paixão cada um de seus dias.
  • Estar sempre preparado para novas oportunidades. De que forma? Sempre se reciclando.
  • Reconhecer que as derrotas fazem parte da vida de um campeão. Por isso, nunca desista dos seus sonhos, use as derrotas para aprender e crescer mais.
  • Não deixe para amanhã o que os concorrentes podem fazer hoje.
  • Supere os desafios do trabalho.
  • Seja amigo das pessoas e trate todas com muito carinho.

E, para finalizar, ela deixa uma frase para todos aqueles que, como ela, desejam conquistar a vitória: “Você é do tamanho dos seus sonhos!”.

Perfil

Nome: Andréa Reis. 

Cargo: distribuidora da Tupperware.

Empresa: Espetáculo Comércio e Distribuição Ltda.

Há quanto tempo trabalho com vendas: 26 anos.

Minha primeira venda foi: “Em dezembro de 1985, quando iniciei na Tupperware como demonstradora. Nunca tinha vendido nada, estava acostumada às atividades administrativas do escritório em que trabalhava, na distribuidora Tupperware de meus pais”.

A venda mais importante foi: “Com certeza a primeira, pois a certeza de que outras viriam aconteceu a partir do resultado dela. Foi quando eu realmente me encantei com o negócio, passei a conhecer melhor as minhas qualidades e o meu potencial e descobri que poderia ir além do que eu imaginava”.

Minha maior motivação: “Minhas duas filhas, faço tudo por elas”.

O que ainda preciso melhorar: “Parar de levar trabalho para casa, delegar mais e assim ter mais qualidade de vida”.

O cliente ideal: “É aquele que busca em primeiro lugar a qualidade nos produtos e consegue perceber as vantagens que a utilização deles trazem para sua vida”.

Objetivos para daqui a cinco anos: “Continuar proporcionando que muitas pessoas possam mudar suas vidas através do trabalho com venda direta, contribuindo também para o crescimento da renda dos estados do Pará e Amapá. Acredito no potencial do negócio e na minha equipe de vendas, por isso todos os anos não limitamos a nossa meta a 10%, 20% ou 30% de crescimento, como algumas empresas fazem, sempre pensamos que podemos mais, então almejamos atualmente de 70% a 100% de crescimento de resultados. Quero também quintuplicar o número de executivas e revendedoras e ter a melhor equipe de vendas do Brasil e do mundo de atuação Tupperware. Tenho orgulho de ser Tupperware”.

Conteúdos Relacionados

Pin It on Pinterest

Rolar para cima