Agradecer, mandar amor e seu mantra do sucesso

Agradecer, mandar amor, mantra do sucesso. São três exercícios muito simples que, através da repetição, podem trazer resultados positivos muito interessantes.

Para alguém que cresceu fazendo artes marciais e provas de resistência como o Ironman do Hawaii, que aprendeu que homem não chora e que a vida é uma grande batalha onde você consegue aquilo pelo qual luta, falar de amor, carinho e gratidão não é uma coisa fácil. Pelo contrário, levei anos para entender a verdadeira importância disso tudo. Sabe quando finalmente comecei a prestar atenção nisso? Foram duas coisas que aconteceram.

Primeiro, a constatação inegável de que não era feliz. Por mais que alcançasse os objetivos que me propunha, aquelas conquistas não significavam absolutamente nada. Sempre joguei meus troféus fora, por exemplo. Não guardo certificados nem diplomas. Nunca sei quanto dinheiro tenho na conta. Não sei nem a senha da conta…

O que realmente valia para mim não era a conquista, mas o próximo desafio. E como o próximo desafio ainda não havia sido conquistado, vivia em permanente frustração. É uma sensação muito estranha essa, de ter muitas pessoas à sua volta lhe dando os parabéns, mas você por dentro sentindo-se sozinho, vazio e frustrado. Essa foi minha primeira grande constatação.

A segunda foi a constatação de que no fundo estava sendo covarde. Pular de paraquedas, mergulhar, fazer triathlons e maratonas, falar em público… Tudo isso é fácil comparado com a coragem necessária para ser sincero e honesto consigo mesmo. Eu era durão e agressivo não porque fosse corajoso, mas justamente pelo contrário.  É preciso muita coragem para assumir sentimentos – é muito, mas muito mais fácil escondê-los (mas muito mais desgastante também). E essa foi minha segunda grande constatação.

Não posso dizer, nem de longe, que tenha resolvido as duas coisas. Trabalho nisso todos os dias e ainda escorrego com frequência. Mas só o fato de ter constatado isso, ganhei um novo rumo e um novo olhar sobre a vida. Mais do que isso, criei novos hábitos que gostaria de compartilhar com você. São exercícios que faço ao final do dia, antes de dormir e que me ajudam muito.

Sei que terá gente dizendo “que frescura”, mas eu falava exatamente a mesma coisa sobre meditar, e hoje sei o bem fantástico que me faz. Então mesmo que algumas pessoas critiquem por ser muito ‘soft’, corro esse risco sabendo que ajudo a cumprir minha missão de ajudar muitos a melhorarem seus resultados. Os três exercícios que eu faço e recomendo são:

  1. Agradecer: Agradecer tem uma série de benefícios, mas o principal deles é que cria imediatamente uma energia positiva. Dá foco também (o que está bom e o que precisa melhorar – embora aqui eu só me concentre no que está bom). Os mais organizados podem criar uma lista de agradecimentos (família, saúde, amigos, trabalho, dinheiro etc.). 
  1. Mandar amor: Quando li esta dica, foi numa entrevista de um multimilionário que eu nunca na vida definiria como ‘soft’. Mas ele disse que, ao deitar na cama para dormir, fechava os olhos e escolhia uma ou duas pessoas para ‘mandar amor’. Fiquei dando risada sozinho, mas… Resolvi experimentar. Funciona e recomendo.
  1. Crie seu próprio “mantra do sucesso”: escolha seis palavras que você usaria para se autodefinir. As minhas são: alegria, saúde, foco, bem-estar, força e energia. E repita-as para si mesmo sempre que puder (eu repito duas vezes por dia – tomando banho ao acordar e antes de dormir).

Agradecer, mandar amor, mantra do sucesso. São três exercícios muito simples que, através da repetição, podem trazer resultados positivos muito interessantes. Na verdade, fica muito parecido com a oração que muitos fazem antes de dormir (embora este meu exercício, especificamente, não tenha um cunho religioso). Particularmente, por preferências pessoais, eu recomendaria separar as duas coisas. Mas entendo perfeitamente quem quiser aliar os exercícios com sua oração.

Resultado dos três exercícios: um ritual pré-sono que garante que eu durma melhor, acorde melhor e viva melhor. Aliás, acho que fazem com que eu seja uma pessoa melhor.

Aproveito então a oportunidade de encerrar este editorial de Dezembro para já exercitar as três coisas:

  • Agradeço seu apoio como leitor da VendaMais e cliente da Quantum.
  • Amo o que faço e espero transmitir para você esse amor através das minhas palavras, do meu trabalho e do meu exemplo.
  • Espero que você tenha muita alegria, saúde, foco, bem-estar, força e energia para conseguir os resultados, desafios, dinheiro, reconhecimento e impacto positivo que você se propuser a alcançar com as pessoas importantes da sua vida.

Abraço, boas festas e um excelente final de ano,

P.S. Essas são as minhas palavras… Mas não me copie: crie as suas!

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima