Alimente seu cérebro com amor

Querendo ou não, emoções como insegurança, medo e ansiedade fazem parte do nosso dia-a-dia e levam, silenciosamente, ao desequilíbrio bioquímico do Sistema Nervoso Central. Querendo ou não, emoções como insegurança, medo e ansiedade fazem parte do nosso dia-a-dia e levam, silenciosamente, ao desequilíbrio bioquímico do Sistema Nervoso Central. Por isso, pare, reflita e adote metas pessoais relaxantes! Ofereça o que seu corpo e seu cérebro precisam e despreze o desnecessário.

Coloque poções de bom humor no seu prato!

São várias as pesquisas científicas que vem demonstrando a estreita relação entre o equilíbrio de nutrientes e as complexas reações cerebrais. Alguns alimentos fornecem nutrientes importantes que participam da produção dos neurotransmissores, mensageiros químicos que favorecem a comunicação entre as células do Sistema Nervoso. Três desses neurotransmissores estão diretamente relacionados ao humor: a serotonina, a dopamina e a noradrenalina.

· A serotonina é uma substância sedativa e calmante. É também conhecida como a substância ?mágica? que melhora o humor de um modo geral, principalmente em pessoas com depressão.

· Já, a dopamina e a noradrenalina proporcionam energia e disposição.

Turbine seu Bem Estar!

Os níveis cerebrais de serotonina dependem da ingestão de alimentos fontes do aminoácido triptofano e de carboidratos. A ingestão de carboidratos leva ao aumento nos níveis de insulina, que auxiliam na “limpeza” dos aminoácidos circulantes no sangue e facilitam a passagem do triptofano para o cérebro, induzindo a produção de serotonina, que reduz a sensação de dor e relaxa, induzindo e até melhorando o sono.

Lembre-se: uma alimentação pobre em carboidratos, assim como uma alimentação com excesso de proteínas, por vários dias, pode levar a alterações de humor e depressão. O caminho é o equilíbrio!

(box)

Acerte nas escolhas!

· Fontes de Triptofano: leite e iogurte desnatados, queijos brancos e magros, carnes magras, peixes, nozes, banana, arroz, batata, feijão, lentilha, castanhas, abacate, soja e derivados.

· Fontes de Carboidratos: pães e cereais integrais, biscoitos integrais, massas integrais, arroz integral e selvagem, legumes, frutas e mel.

As informações fornecidas não são individualizadas. Portanto, o nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar um tratamento e/ou acompanhamento nutricional.

Frase: ?Quando sabemos desfrutar as coisas normais do dia-a-dia, a vida se torna uma festa? ? Phil Bosman

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima