Como evitar mancadas em negociação de preço

7 grandes mancadas na negociação de preço e o que fazer para evitá-las

Uma pesquisa realizada pelo norte-americano Tom Reilly descobriu que, entre 0 e 10, vendedores dão peso de 8,3 para o preço enquanto os clientes dão 6,9, ou seja, os vendedores estão muito mais preocupados com o preço que os compradores.

Portanto, entender que o comprador sempre vai dizer que está caro e insinuar que, sem desconto, a negociação morrerá, por mais que ele queira muito aquele produto ou serviço, faz parte do jogo. Esse é o papel do comprador, mas nem por isso é verdade. Muitas vezes, quando o cliente começa a negociar preço, é porque ele já decidiu a compra, porém ainda precisa ter a sensação de que fez um excelente negócio. Então, é importante que você saiba fazer concessões estrategicamente, guardando sempre uma última carta na manga para o fechamento. O cliente fica contente achando que foi bem-sucedido e o vendedor mantém as condições planejadas. 

Com o objetivo de facilitar a vida de profissionais que lidam constantemente com os dilemas da negociação e, principalmente, com as objeções a preço, Raúl Candeloro, fundador e editor da revista VendaMais, e Márcio Miranda, diretor da Workshop e um dos maiores especialistas brasileiros em negociação, juntaram-se para a produção do DVD 7 grandes mancadas na negociação de preço – e o que fazer para evitá-las.

Segundo os autores, vendedores cortam preços (ou praticam descontos) por diversos fatores internos e externos:

  • Falta de conhecimento sobre o produto ou serviço e por que ele vale mais.
  • Falta de técnica para trabalhar com produtos/serviços de maior valor.
  • Falta de confiança no produto ou serviço.
  • Problemas pessoais relacionados a preços mais altos (por exemplo, quando o preço do produto/serviço é mais alto do que o salário do vendedor, ele entende que aquilo é muito caro).
  • Mau-atendimento da empresa.
  • Produto ou serviço de qualidade inferior.
  • Concorrência mais agressiva e mais bem-treinada.
  • Condições adversas de mercado.
  • O comprador é muito melhor negociador do que o vendedor.
     

Para Candeloro, ao contrário do que muita gente pensa, preço é uma objeção relativamente fácil de se tratar. Segundo ele, “quando seu produto ou serviço compete apenas em preço, é como se você estivesse dizendo para o cliente que o que realmente interessa é o preço, pois seu produto ou serviço não tem nenhuma diferença em relação ao do concorrente”.

Além disso (ou por isso), Márcio Miranda afirma: “Os vendedores entram em uma negociação muito mais preocupados com o mínimo que dá para aceitar, ao invés de pensar no máximo que dá para conseguir”.

O DVD está dividido em 7 partes (as 7 mancadas, como indica o título) para facilitar a compreensão de quem vai usar o material para treinar sua equipe – ou a si mesmo – sobre como negociar melhor. E quais são essas mancadas?

  1. Sinalizar para o cliente que acha que seu preço está alto mesmo e que é negociável;
  2. Falta de planejamento e de objetivos. Por exemplo: estabelecer seu “Minimax” – qual é o mínimo que eu posso aceitar e qual é o máximo que posso tentar obter?
  3. Falta de conhecimento do cliente, do mercado, da concorrência, das técnicas de negociação.
  4. Fraqueza emocional, o que inclui o medo de perder a venda, falta de persistência e falta da atitude correta para negociar.
  5. Ansiedade e afobação por fechar uma venda.
  6. Levantamento inadequado de necessidades (não fazer perguntas).
  7. Foco em preço e não em valor, muitas vezes subestimando seu próprio valor como profissional/empresa e, principalmente, subestimando o valor criado para o cliente.

Para Miranda, “a habilidade de negociar bem é essencial para a sobrevivência no disputado mundo de negócios de hoje”. Com a globalização, downsizing, reengenharia e outras tendências, todos os recursos são muito disputados e vence quem negociar melhor. O processo de negociação pode ser angustiante para quem não conhece as técnicas, mas é extremamente envolvente e apaixonante para os negociadores bem preparados. “Negociar bem é uma mistura de arte e ciência. Saber negociar é fundamental para o seu sucesso, tanto profissional quanto pessoal”, completa o diretor da Workshop.

O DVD 7 grandes mancadas na negociação de preço – e o que fazer para evitá-las faz parte da coleção Gigantes das Vendas. Em breve, novos temas serão abordados. Todos contarão com a participação dos maiores especialistas em suas áreas de atuação.

7 grandes mancadas na negociação de preço – e o que fazer para evitá-las

Edição Limitada
Editora Quantum – 4004.0174 / 0300 789-2010
[email protected]

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima