Confira a entrevista com Cesar Romão.

Cesar Romão

Percebi que muitas pessoas que se amam, estavam se separando e que o amor não era o suficiente para mantê-los juntos. Iniciei uma pesquisa sobre o assunto e o fruto dela é o livro.

Sobre o que trata exatamente seu livro Só o Amor Não Basta? Qual a grande mensagem?

Ao final de minhas palestras, um dos assuntos que as pessoas mais comentam é sobre relacionamentos. Percebi que muitas pessoas que se amam, estavam se separando e que o amor não era o suficiente para mantê-los juntos. Iniciei uma pesquisa sobre o assunto e o fruto dela é o livro. Nele os leitores vão encontrar competências que precisam ser desenvolvidas para a busca da felicidade num relacionamento; as diferenças que devem ser consideradas entre homens e mulheres e uma série especial de atitudes nutritivas na busca da felicidade amorosa.

Como você começou como palestrante?

Minha carreira teve início com o lançamento de meu livro A Semente de Deus, com o sucesso da obra, atualmente em 32 países, inclusive na Rússia, as empresas começaram a fazer os convites para palestras, minha porta foi aberta por um livro.

Que tipo de empresa geralmente contrata seu serviços? O que buscam?

São empresas que atuam em praticamente todos os mercados, elas buscam informações privilegiadas sobre gestão, motivação, liderança, fatores existenciais e vendas. Toda minha experiência acadêmica e profissional é voltada para estes temas.

Por outro lado, que tipo de evento/treinamento não é adequado para você? Ou seja, que tipo de problemas/situações/treinamentos você geralmente prefere não aceitar ou indicar algum colega?

Procuro aceitar convites que estejam dentro dos padrões de minha formação acadêmica, minha tendência profissional e pesquisas, pelo fato de poderem ter respaldo ético. Afinal, ninguém leva o seu filho a um médico que não tem diploma para uma operação delicada. Em relação a indicar outros profissionais, faço isto normalmente no escritório em razão do limite de minha agenda. Realizo um determinado número de eventos mensalmente, posterior a isto tenho uma lista de ótimos profissionais que tenho como opção de sugestão aos clientes.

Qual é o seu diferencial em relação a outros palestrantes? Qual a sua ‘marca registrada’?

Bem… Talvez seja o fato de também ser escritor e ter meus livros em 32 países.

Referências

Além do seu próprio site (www.cesarromao.com.br), que outros sites na nossa área você recomendaria?

Gosto muito do portal da HSM e VENDAMAIS.

Quais são seus livros de negócios ou autores preferidos?

O maior milagre do mundo é o livro que mais marcou minha vida. Meu autor preferido é Og Mandino. Sempre recomendo os livros dos autores: Reinaldo Polito; Carlos Alberto Julio; Içami Tiba; Cesar Souza; Marco Aurélio Vianna; Eugênio Mussak; Luiz Almeida Marins; Clóvis Tavares; Dulce Magalhães; Max Gehringer… Não que eles precisem de minha recomendação, são consagrados escritores, mas gosto muito destes autores.

Sobre as palestras

Qual sua palestra mais memorável, a que mais lhe marcou?

Acredito que tenha sido uma que fiz há pouco tempo para 5.800 pessoas com o tema FAMÍLIA. Foi emocionante.

Qual a situação mais desastrosa ou engraçada que já ocorreu numa das suas palestras/eventos?

Foram muitas… Já tive um dos meus ternos D’Carlos rasgado, segundos antes da palestra, no próprio palco, num enrosco no material que compunha os equipamentos. Brinquei com a situação, e disse que ali eu lançaria o palestrante mendigo, afinal eu ainda não tinha visto nenhum nos palcos. Falei rasgado mesmo.

Qual é o maior erro que você nota nas convenções/treinamentos das empresas?

As empresas pensarem que treinamento é festa com “pirotecnia”, piadas e comida. Treinamento é um momento para expandir conhecimentos e competências na busca de resultados profissionais e pessoais.

Porque você acha que tantas reuniões e treinamentos são chatos ou improdutivos? O que poderia ser feito para melhorar isso?

Falta capacidade aos expositores para tratarem do assunto com leveza, sutileza e conhecimento de causa. Somente assim podemos envolver os participantes de maneira produtiva e promissora.

Conselho: que grande conselho ou dica você daria para alguém que quer melhorar seus resultados no trabalho e/ou na vida?

Mantenha sua ética; nunca pare de desenvolver competências; confie na sua crença e seja hoje melhor que ontem.

Algum último recado que queira dar aos nossos leitores?

Sim, é um prazer estar aqui. Espero tê-los sempre por perto. Se quiser receber todos os dias uma mensagem sobre os temas que abordo, basta assinarem meu Facebook. Site:www.cesarromao.com.br, Facebook: www.facebook.com/romaocesar, e-mail: [email protected]


Formado em Direito e jornalismo, pós-graduado em Administração e com MBA em Marketing. Cesar Romão possui cursos de extensão pela Universidade da Califórnia e pela Universidade de Richmond – EUA. É mestre em Psicologia Organizacional, Doutor Honoris Causa de Iberoamérica, DHC. Foi eleito pelos principais veículos de comunicação do país como um dos escritores mais lidos do Brasil.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima