Confira a entrevista com Jorge Cury Neto

Jorge Cury Neto

1. O que é exatamente o Voice Design Institute? Por que você o criou?

OVoice Design Institute é uma instituição mantida pela empresa de comunicação Webcombrasil que tem a missão planejar, desenvolver, organizar,elaborar, fomentar, difundir pesquisas e estudos científicos e acadêmicos de voice design, com a finalidade de formação e capacitação profissional para fins comunicacionais, educacionais e corporativas, promovendo palestras, workshops, cursos e projetos sobre os atributos a lógica da linguagem e a estética da voz.

A justificativa da criação do voice design institute e da formulação esta nova área da comunicação está na constatação de estudiosos de notório reconhecimento, tais como: Ciro Marcondes Filho, Luis Antonio Marcuschi, Jerusa Pires, Andrea Filatro, Walter Jackson Ong, Augusto Jorge Cury, entre outros, sobre a escassez de pesquisas e estudos sobre as áreas do conhecimento voltadas a oralidade e mesmo as que orbitam entorno dela.

2. Fale um pouquinho mais sobre o Voice Design para Vendedores. O que é?

É um curso com o objetivo de aprimorar a habilidade de ouvir e a arte de escutar como atributo essencial para o exercício bem-sucedido da atividade.

3. Você poderia nos dar um exemplo prático de como o Voice Design ajuda um vendedor?

Nos contextos e circunstância de abordagem em geral, seja presencial, telefônica ou ainda através de uma ferramenta digital de bate-papo, ou seja que haja a necessidade de comunicação oral, o profissional de venda tem no conhecimento do voice design e na aplicação das suas técnicas condições de exercer um controle, uma administração do ato da sua fala, na habilidade de fazer perguntas pertinentes, estimular que o cliente se expresse e com isso possa ouvi-lo profundamente e até escutá-lo para ganhar assertividade na comunicação do vendedor.

4. Como você começou como coach de voz?

Foi em 2008 quando demos início a pesquisa e o estudo sobre o tema, mas empiricamente começou desde o início da carreira de radialista e jornalista a partir de 1972, observando permanentemente os diversos aspectos dos recursos da voz para fins comunicacionais, principalmente como elaborar perguntas que promovessem respostas reveladoras dos entrevistados.

5. Que tipo de empresa ou profissional geralmente contrata seus serviços? O que buscam?

Como o voice design nasceu oficialmente no 19º Congresso Internacional de Educação a Distância em setembro de 2013 em Salvador, através de um trabalho científico apresentado formalmente no evento, o voice design tem sido procurado mais na área educacional, a exemplo do Estação Business School, onde há uma avaliação positiva dos professores de MBA que participaram do curso.

As empresas buscam capacitação dos seus profissionais na área comunicacional, entretanto o interesse para a área de vendas tem sido significativa para aqueles que o curso está sendo ofertado.

6. Por outro lado, que tipo de situação não é adequado para você? Ou seja, que tipo de problemas/situações/treinamentos você geralmente prefere não aceitar ou indicar para algum colega?

A área política não nos interessa, pelo perfil do público, normalmente arrogante.
Entretanto, avaliamos cada possibilidade em particular.

É uma área que não recomendo colegas a atuarem, pois a maioria das vezes este público quer aprender como sofismar, parecer verdadeiro.

7. Qual seu diferencial em relação a outros consultores ou coaches de voz? Qual sua ‘marca registrada’?

O voice design e a atuação do voice design institute tem uma distinção conceitual que surpreende os profissionais que atuam como consultores ou coaches de voz, ou seja, a transmissão do conhecimento para gerar consciência sobre o universo do som produzido pela voz humana e a ênfase dada a estética da voz, priorizando análise e prática sobre o som que o emissor emite para proferir as palavras. Prestamos um serviço que usa a voz do cliente para que fale poderosamente com os seus públicos.

8. Com tanta experiência na área, quais dicas ou informações você vê sendo dadas pela mídia sobre esse assunto com as quais claramente não concorda?

Creio que ainda está sendo dado muito espaço na mídia para o sensacionalismo sob o pretexto de audiência, o que não concordo. Gostaria de ver mais informações que elevem o ser humano, que valorizem esta maravilhosa obra do Criador dos céus e da terra.

9. Algum último comentário que queira fazer para os leitores da VendaMais?

Que o leitor se atente para o poder que palavra falada tem na vida da gente. Como o que falamos e ouvimos designa nossa existência e como ela determina nossa realidade.

Compreender que a voz, de muitas maneiras, é a função do corpo que mais se expõe e o que mais expõe nossa individualidade, nossas características, nossa alma por inteiro. Entender que a palavra falada não é apenas uma das formas de comunicação, ela é a essência da existência humana. Ela está presente em nossas vidas antes mesmo de nascermos, no ventre de nossas mães. A palavra é um símbolo que expressa uma ideia, e está intrinsecamente relacionada com nossa mente. A mente, por sua vez, está relacionada diretamente com nosso corpo, com nossos sentimentos, com nossas atitudes e com nossas ações.

10. Informação de contato:

Site: www.voicedesigninstitute.com
Facebook: facebook.com/jorgecurynetovoicedesign
Linkedin: jorgecuryneto
Twitter: @jorgecuryneto
Youtube: jorgecuryneto
E-mail: [email protected]voicedesigninstitute.com


Jorge Cury Neto – Formado pela PUC-Pr em Comunicação Social.  Desde 1972 atua no jornalismo de rádio e de televisão. Em 1996 fundou a agência de notícias Central de Radiojornalismo, que em 2008 passou a condição de uma unidade da Webcombrasil. É o formulador de uma nova área do conhecimento, voice design, homologada por sociedade científica, a ABED, em setembro de 2013.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima