Confira a entrevista com Saidul Rahman Mahomed

Uma vez querendo ser empreendedor, tem que estar preparado para os revezes e correr atrás dos objetivos. É importante ter foco no objetivo, alinhá-lo ao plano de negócios e buscar a inovação para fazer a diferença.

Sobre o que trata exatamente seu livro Desistir? Nunca! ? Qual a grande mensagem? 

O livro aborda a história de sucesso de uma Editora, que hoje é referência em algumas áreas de negócios. A grande mensagem do livro é que, uma vez querendo ser empreendedor, tem que estar preparado para os revezes e correr atrás dos objetivos. É importante ter foco no objetivo, alinhá-lo ao plano de negócios e buscar a inovação para fazer a diferença.

Por que, no fundo, você acha que as pessoas desistem tão facilmente?

Porque não se preparam adequadamente para os desafios de serem empreendedores. As pessoas perdem o foco no negócio, apresentam falta de disciplina financeira e, acima de tudo, perdem a capacidade de superar os revezes.

Qual a primeira coisa que você gostaria que alguém fizesse ao terminar de ler seu livro? Por onde começar?

Acredito que uma reflexão sobre o livro pode ajudar alguém a definir os seus objetivos e processos, bem como alinhá-los ao tamanho do sonho.

Para começar qualquer empreendimento, é necessário que se tenha um bom ou aceitável plano de negócios – onde o mesmo reflita os valores que o empreendedor acredita, alinhado a um planejamento estratégico e a criação de uma cultura de valores que a equipe possa absorver.

É importante saber confiar na equipe e delegar tarefas que possam ser administradas pela mesma, assim como estar atento aos desvios do planejamento e do plano de ação. Também é necessário fazer as ações corretivas em tempo certo, mas, acima de tudo, o importante é acreditar no seu negócio e colocar o máximo das suas energias para ele acontecer!

Referências

Em relação aos assuntos tratados no livro, quais seus sites preferidos e que recomendaria aos leitores?

Pela força do hábito, eu leio muito. Tenho vários sites e pessoas como referências, procuro absorver da leitura o máximo de conhecimento, visando aproveitá-los, de alguma forma, no meu negócio. Leio revistas técnicas de negócios (algumas tenho assinaturas), outras eu compro de acordo com as manchetes das capas. Procuro de alguma forma estar com a mente aberta para o novo, olhar as tendências e identificar nelas as oportunidades. Alguns sites que posso recomendar na área de tecnologia, e que não deixo de ler, são: Wired e Info. Sobre outros assuntos recomendo: Revistas Exame, Economist, Época Negócios e VENDAMAIS.

Quais são seus livros de negócios ou autores preferidos?

Leio muitos livros de negócios por questões do meu trabalho. Procuro não ficar preso a um só autor, o que me dá uma abertura de poder ler e conhecer novas maneiras de pensar. Mas Deming, pai da qualidade, Covey, Porter, Ram Charan, estão, entre os muitos, que não deixo de ler.

Sobre as palestras

Qual é o maior erro que você nota nos líderes das empresas atuais?

Quem sou eu para julgar os nossos líderes? O que noto é que poucos procuram participar de eventos ligados às suas áreas (uma arrogância que não vejo nos líderes dos EUA ou da Europa). Participo de eventos pelo mundo afora e encontro nesses eventos presidentes e vice-presidentes de empresas de nível mundial. Converso com vários deles e noto que sempre estão buscando saber o que está ocorrendo no mundo, na área de negócios. Aqui não vejo esse comportamento, são poucos os empresários que você vê participarem de eventos setoriais. E, quando comparecem, estão sempre com pressa. É raro ver um empresário bloquear sua agenda por um dia para assistir um evento. Quando participa, pouco opina. Sinto que vivem encastelados. Temos também empresários que participam, chamam a responsabilidade da causa para si e, estes, quase todo mundo conhece!

Que grande conselho ou dica você daria para alguém que quer melhorar seus resultados no trabalho e/ou na vida?

Primeiro acreditar no que faz, ser ético consigo e com os seus parceiros, respeitar os outros e trabalhar com persistência e dedicação na busca dos resultados. Resumindo, ter uma conduta condigna com os valores que acredita.

Algum último recado que queira dar aos nossos leitores?

Diria que o empreendedorismo hoje está em alta, muito diferente de 20 anos atrás. Hoje existem financiamentos fartos, escolas que ensinam os fundamentos básicos de empreender, mercado em alta com demanda reprimida. Diria que nunca esteve tão fácil empreender como hoje. Mas só se consegue o sucesso se tiver disciplina financeira, fiscal e tributária, olho nos custos e comprometimento com o negócio!

Informação de contato:


Saidul Rahman Mahomed é editor da Qualitymark, conselheiro da ABRH – Nacional e da SBMRJ – Sociedade Beneficente Muçulmana do Rio de Janeiro.

 

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima