Conhecendo a concorrência

Você conhece seus concorrentes?

Sou amigo de vários campeões mundiais que atuaram pela seleção brasileira em diversas Copas do Mundo. Quando conversamos sobre as vitórias, é um grande barato, porque as coisas que assistimos pela televisão se materializam com muitas riquezas de detalhes.

 

Isso sem contar que falar de vitórias é bem mais legal que falar de derrotas, o que me leva a uma simples e, ao mesmo tempo, complicada pergunta: “Onde aprendemos mais, nas vitórias ou nas derrotas?”. Bem, estou plenamente convencido de que as derrotas contribuem decisivamente para o desenvolvimento, pois é exatamente onde investimos mais tempo para entender nossos erros.

 

Ouvindo nossos craques, percebi dois fatores que sempre estiveram presentes nas derrotas:

 

  1. 1.    Erro no planejamento.
  2. 2.    Desconhecimento mortal dos adversários.

 

Digo mortal porque em uma competição como a Copa do Mundo esse desconhecimento pode, em um breve momento, dar a vitória ao time adversário. E aí ficamos com o segundo lugar mesmo!

 

Como os dois assuntos são muito amplos, hoje vamos focar a falta de conhecimento do adversário – seus concorrentes. Você já entrou no site deles e deu uma boa navegada? Sabe qual é a missão, valor e visão desse pessoal? O que realmente sabe a respeito de alguém que adoraria lhe ver no fundo do poço?

 

É possível que você saiba o nome do vendedor que representa seu concorrente e, talvez, até faça um campeonato de tristeza com ele na sala do cliente: “Ah, o mercado…”, “Ah, a crise…” ou ainda o clássico “A situação tá preta!”. Mas vamos ao que realmente interessa: as coisas importantes que você precisa saber sobre seus principais concorrentes:

 

  1. 1.    Quais são os objetivos de seu concorrente no mercado em que você atua?
  2. 2.    Qual sua política comercial? Preço? Descontos? Prazos?
  3. 3.    Qual é o perfil do vendedor que representa seu concorrente? Ele é um vendedor de alto impacto, mais agressivo ou consultivo?
  4. 4.    Seu concorrente cumpre o que promete?
  5. 5.    Enumere cinco razões para seu cliente comprar do concorrente.
  6. 6.    Agora, liste cinco razões para que ele não compre do concorrente, e sim de você.
  7. 7.    Se os clientes tivessem de escolher um diferencial em cada um de seus concorrentes, o que eles elegeriam:

a)     Preço

b)    Prazo

c)     Logística eficiente

d)    Tecnologia

e)     Marketing agressivo

f)     Atendimento impecável

g)    Outros

  1. 8.    Qual você acha que é a estratégia de seu concorrente este ano?

 

Em muitos de nossos treinamentos, costumo perguntar aos vendedores e gerentes de vendas se eles conhecem bem seus clientes e concorrentes. Todos são unânimes em dizer que sim. E quem se relaciona de verdade com eles? Aí, a maioria coça a cabeça.

 

Meu amigo, muito cuidado com conhecer e se relacionar. Eu conheço bem Barack Obama, Pelé e Xuxa, mas nunca me relacionei com nenhum deles. Relacionar tem a ver com profundidade de conhecimento, e isso é o que você precisa ter para se antecipar aos seus concorrentes e evitar “levar uns olés” por aí.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima