Dicas Para Melhorar O Uso Do E-mail Marketing – GV n. 110

Dicas Para Melhorar O Uso Do E-mail Marketing

 

Quando falamos de gestão em vendas, tendemos sempre a falar em equipe, vendedores… Mas “vendas”, em uma empresa, é muito mais que isso. Os vendedores são um dos canais através do qual uma empresa vende seus produtos e serviços.

 

Mas existem outros canais, e o e-mail marketing é um deles. Uma ferramenta que vem ganhando força, dia após dia, com o aumento do número de pessoas que tem acesso à internet.

 

O e-mail marketing é uma ferramenta barata e que traz grandes resultados, se feito corretamente, e deve fazer parte de qualquer estratégia de marketing e vendas.

 

Se você tem o e-mail de alguém, consegue enviar a ele/ela informações sobre seus produtos. Mas a brincadeira toda está em mandar suas informações para quem quer recebê-las e tem interesse no que você vende.

 

Quando falamos de e-mail, mantenha isto em mente:

 

  • É uma ferramenta de comunicação relativamente barata, mas poderosa. Você pode mandar milhares de e-mails em poucos minutos.

 

  • O e-mail permite que você mantenha um contato regular com seus prospects e clientes.

 

  • Nunca mande e-mails que não foram solicitados (spam). O e-mail deve somente entregar informações relevantes.

 

 

As perguntas mais freqüentes de quem faz ou deseja fazer e-mail marketing são:

 

  • Com que freqüência devemos contatar nossos clientes por e-mail?

 

O e-mail é uma ferramenta rápida e simples e, por isso, muitas empresas fazem mau uso dela. Porém, a menos que a mensagem tenha realmente algum valor, o envio de e-mails com muita freqüência pode incomodar os clientes.

 

Como regra geral, você não deve enviar mais de um e-mail por semana para cada pessoa em sua base, a menos que haja uma necessidade definida e específica para isso. Prefira, ainda, enviar e-mails com uma certa regularidade, pois, assim, as pessoas acabam “esperando” seu e-mail chegar em determinado dia da semana.

 

  • Se fizermos e-zines, devemos cobrar por elas ou enviá-las gratuitamente?

 

Depende do foco do seu negócio. Você pode ter dois tipos de e-zines/newsletters: aquela que você envia gratuitamente, oferecendo algum valor para atrair clientes e propects para outros produtos/serviços que sua empresa comercializa ou aquela que é especificamente desenvolvida para assinantes/pagantes, com um conteúdo exclusivo e objetivo único de entregar conteúdo e não vender outra coisa.

 

  • O que é spam?

 

São e-mails enviados para pessoas que não solicitaram. Hoje, o spam é um grande problema para o comércio eletrônico, pois acaba tirando boa parte da credibilidade de algumas empresas que fazem o e-mail marketing corretamente. Entretanto, as pessoas estão cada vez mais punindo as empresas que praticam spam.


Hoje, existem listas em que podemos cadastrar e-mails de spam e os próprios softwares de gerenciamento de e-mails estão filtrando essas mensagens, não deixando com que elas cheguem no destinatário. Ou seja, você pode até enviar um milhão de e-mails, mas certamente nem 10% dos destinatários receberão sua mensagem e você ficará “marcado” no mundo virtual.

 

  • O que os termos “opt-in”, “double opt-in” e “opt-out” significam?

 

Esses são termos usados por quem pratica e-mail marketing corretamente. “Opt-in” significa pedir uma autorização para enviar um e-mail a alguém. “Double opt-in” significa pedir uma autorização e depois confirmar essa autorização. Então, na prática, o cliente acaba autorizando duas vezes o envio de e-mails para ele.

 

O “Opt-out” é a opção dada para quem quer se descadastrar da sua lista, ou seja, não quer mais receber e-mails da sua empresa.

 

 

Todo e-mail enviado para seus clientes deve ter:

 

  • Um assunto interessante.

  • Data.

  • Opção para assinar e para cancelar o envio de e-mails.

  • E-mail e telefone de contato e se você trabalhar com varejo, o endereço também é importante.

  • Link para o site (a pessoa clica no e-mail e abre uma nova janela com o site).

 

Teste do e-mail marketing

(Marque sim ou não)

 

  1. Tenho uma base de e-mails de pessoas que querem receber meus e-mails.

 

  1. Pedimos autorização para novos clientes e prospects para enviar
    e-mails (opt-in ou double opt-in).

 

  1. Oferecemos a opção de a pessoa se descadastrar facilmente (opt-out).

 

  1. Temos uma freqüência definida para enviar e-mails.

 

  1. Colocamos diversas maneiras de contatos nos e-mails que
    enviamos (e-mail/site/fone/endereço).

 

  1. Enviamos informações relevantes para nossa base e não apenas anúncios tentando vender alguma coisa.

 

 

Se você respondeu “sim” a todas essas perguntas, parabéns! Você já deve estar tendo um bom resultado com campanhas de e-mail marketing. Se você respondeu “não” a alguma dessas perguntas, já sabe onde precisa melhorar!


 

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima