Dinheiro não é tudo – março de 2006

“Envolver tanto os consumidores como os funcionários em uma promoção de vendas é uma poderosa declaração sobre o quanto cada um é importante em nossa organização” Bruce Bolger

O poder do cliente

Para ter certeza de que apenas os melhores funcionários de atendimento ao cliente seriam recompensados, a empresa aérea Continental, nos Estados Unidos, deu a seus passageiros mais freqüentes alguns certificados de alta performance, com a instrução de que os repassassem para os funcionários da empresa que os melhores atendessem em seus próximos vôos. Os certificados podem, então, ser trocados por prêmios.

Tabela

Determinada editora norte-americana também distribui certificados, só que através de gerentes e colegas de trabalho. Veja a tabela de prêmios deles e pense no que você pode adaptar para sua realidade:

Quem recebe

2 certificados

5 certificados

15 certificados

30 certificados

Ganha na hora

1 lavagem de seu carro

1 vale de 20 dólares para ser usado em jantares/almoços em restaurantes parceiros

Vale presente de 50 dólares em uma loja parceira

Fim de semana para 2 em um hotel-fazenda das redondezas.

Assim, as pessoas escolhem se querem gastar seus certificados na hora ou se preferem economizar e se esforçar mais para garantir um prêmio melhor.

Treinamento

Uma fábrica de tênis norte-americana treina todos os seus funcionários em vendas. Absolutamente todos são capazes de conversar com clientes e preencher corretamente os pedidos. Não apenas garante um grande banco de reservas, quando o movimento de vendas aperta, como é um grande incentivo para os funcionários que não têm, normalmente, contato com o cliente.

Leitura

A Davis Hays, empresa de relações-públicas, encontrou uma boa maneira de manter os funcionários atualizados. Pelo menos uma vez por ano, eles devem ler um livro de negócios, fazer um resumo e apresentá-lo aos outros. A empresa se compromete a dar o livro ao funcionário, para que ele não tenha despesas. As vantagens dessa técnica são muitas:

· Cada funcionário é exposto a dezenas de resumos de diferentes livros por ano.

· O hábito da leitura e reciclagem profissional é estimulado.

· Os funcionários também aumentam seu poder de comunicação, ao apresentar seus livros para os colegas.

5 erros em programas de incentivos a vendas

1. Estabelecer uma meta de vendas baseada nos resultados do ano passado. Ou, como muitos, sugerem tentar vender 10% a mais, sendo que esses 10% são estabelecidos pelo método do chute.

2. Estabelecer a meta de vendas em uma reunião fechada de diretoria, sem o apoio de números do mercado, da experiência dos vendedores, das projeções econômicas para o próximo período e da movimentação dos concorrentes.

3. Definir como meta de vendas aquilo que o presidente da empresa quiser, só para tentar agradá-lo.

4. Forçar a venda de produtos e serviços encalhados, que ninguém quer. Atrelar o sucesso de sua equipe de vendas à capacidade de oferecer esses ?micos? ao mercado, mesmo que isso prejudique seus serviços bons de venda.

5. Estabelecer objetivos que reforcem o relacionamento de curto prazo e a venda apressada, sem deixar tempo para desenvolver relacionamentos e fidelizar clientes.

Hobby saudável

Algumas empresas norte-americanas que possuem grandes terrenos separam um pedaço dele para que seus funcionários possam plantar legumes e hortaliças. Além de estimular um bom hábito, reduz o absenteísmo, pois todo mundo quer verificar, todos os dias, como sua plantação está crescendo.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima