Ethonomia, uma nova forma de fazer negócios

Sua empresa pode ganhar trabalhando a economia ética

De vez em quando, surge um novo termo no mundo empresarial. Alguns são sérios, pois significam mudanças na forma tradicional de se fazer negócios. Já outros caem logo na vala comum dos jargões que não significam nada, como paradigma e sinergia.

 

Ethonomia ou economia ética tem tudo para ficar no primeiro time. Em suma, uma forma de trabalhar dando ênfase em certos valores que significam muito para os clientes. Várias empresas já começaram a trabalhar nesse esquema, anunciando, por exemplo, que parte de seus lucros vão para determinadas organizações e causas. Outras passam valores importantes em sua publicidade: a importância de fazer mais em sua vida, como aproveitar melhor o tempo com a família, entre outros.

As pessoas não querem mais comprar apenas um produto ou serviço. Querem algo que signifique alguma coisa em sua vida, que adicione algo em seu cotidiano. Mas não basta dizer que vocês apoiam essa ou aquela instituição. Isso todo mundo já faz. É preciso ir um pouco além.

 

Economia ética também não tem a ver, por exemplo, com a onda de produtos, serviços e empresas ecológicas que aparecem de vez em quando. O que se propõe aqui é uma mudança profunda na maneira de fazer negócios, e não apenas uma campanha publicitária passageira. Veja algumas dicas para que sua empresa também ganhe com a economia ética:

 

  • Inclua seu cliente em sua ação ? Quanto mais ele sentir que está com você, fazendo algo de útil para outras pessoas e para o mundo, melhor. Mostre o que o dinheiro dele está realizando e apresente ações simples que fazem a diferença para a comunidade.
  • Preste atenção nos detalhes ? Se você afirma que é uma empresa ecológica, mostre isso usando material reciclado e opções de iluminação mais econômicas. Os clientes percebem quando seu discurso é uma coisa e o cotidiano é outra. Seja consistente, passe uma mensagem única.
  • Encontre seu nicho ? Procure passar uma mensagem diferente da de seus concorrentes e outras empresas.
  • Coloque seu cliente em primeiro lugar, mostre que ele pode ter uma vida mais completa ? Repare no que as organizações estão fazendo hoje: redes de lanchonete o estimulam a ter uma vida mais ativa, empresas de alimento convidam famílias a passar mais tempo juntas, cartões de crédito incentivam os clientes a fazer algo. Procure estimular seus clientes!
  • Conte histórias ? Se você vende produtos oriundos de pequenos fabricantes, mostre como eles se beneficiam ao vender para você. Caso venda serviços, mostre histórias de seus funcionários em ações filantrópicas, ajudando creches, doando sangue, etc. Histórias ajudam a envolver o cliente.
  • Envolva a empresa inteira ? Ethonomia significa uma maneira diferente de fazer negócios e deve estar enfronhada em todas as ações de seu local de trabalho. Não a encare como algo passageiro ou modismo. São conceitos muito importantes para seus clientes. Leve-os a sério você também.

 

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima