Excesso de sódio? Mude seus hábitos

Se você está tentando diminuir a quantidade de sal na sua alimentação, lembre-se que muitos alimentos já contêm sódio em quantidades mais do que suficientes. Cerca de 11% do sódio na dieta de um adulto vêm da adição de sal à comida, mas a maioria ? 77% ? vêm do consumo de produtos industrializados que contêm o mineral. Se você está tentando diminuir a quantidade de sal na sua alimentação, lembre-se que muitos alimentos já contêm sódio em quantidades mais do que suficientes. Cerca de 11% do sódio na dieta de um adulto vêm da adição de sal à comida, mas a maioria ? 77% ? vêm do consumo de produtos industrializados que contêm o mineral.

O sódio nos é necessário, pois ajuda a manter o equilíbrio dos fluidos, auxilia na transmissão de impulsos nervosos e influencia na contração e relaxamento dos músculos. Porém, em quantidades excessivas, ele não é totalmente eliminado pelos rins e faz com que o corpo retenha líquido, aumentando seu volume. Isso eleva a pressão arterial, e pode levar à falência do coração, cirrose e doença dos rins.

A recomendação é que a ingestão de sódio seja entre 1.500 e 2.400 mg diários (atenção: uma fatia de presunto tem 350 mg de sódio). É importante ficar de olho nos rótulos das embalagens para checar a quantidade de sódio. Evite os produtos que tenham componentes com sódio no nome (bicarbonato de sódio ou glutamato monossódico) e fique atento à taxa de sódio em alguns medicamentos, como antiácidos e antiinflamatórios.

Existem maneiras de controlar a ingestão de sódio:

– Coma mais alimentos frescos e menos industrializados; frutas e vegetais têm baixíssima quantidade do mineral. Se for consumir industrializados, escolha os de menor nível de sódio, checando a tabela nutricional nas embalagens.

– Remova o sal dos alimentos sempre que possível – isso não afeta a qualidade do prato.

– Deixe molhos de salada, ketchup, mostarda e azeitona fora do seu cardápio.

– Para temperar, use ervas como orégano, noz moscada, alecrim e manjericão, além de raspas de limão e laranja.

– Não procure imediatamente pelo saleiro quando sentar à mesa. Usando menos sal, você pode sentir melhor o sabor do alimento. Com uma pitada de bom senso e outra de prudência, você consegue mudar de hábito.

Elisabete Fernandes Almeida é escritora e editora médica, com especialização em projetos de educação médica continuada. E-mail: [email protected]ído do Jornal Carreira & Sucesso ? www.catho.com.br/jcs

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima