Falar de improviso?

Todos nós, vez ou outra, temos de falar algumas palavrinhas, dizer de nossa emoção ou agradecer uma homenagem repentina. Para não cometer nenhum erro, veja estas dicas de João Lúcio Neto, autor de A arte de vender idéias (DVS Editora). Todos nós, vez ou outra, temos de falar algumas palavrinhas, dizer de nossa emoção ou agradecer uma homenagem repentina. Para não cometer nenhum erro, veja estas dicas de João Lúcio Neto, autor de A arte de vender idéias (DVS Editora).

1. Numa comemoração Faça um histórico rápido do acontecimento.

Relembre a importância do fato que se comemora.

Faça elogios aos participantes.

Fale da emoção que você sente naquele instante.

2. Numa inauguração Mencione o motivo de ter tomado a decisão de inaugurar a obra.

Indique os benefícios que podem ser esperados dessa obra.

Preste uma homenagem aos participantes e agradeça a participação deles.

3. Numa abertura de reunião Seja breve e preciso. Empregue frases curtas e enérgicas.

Fale apenas sobre a idéia central da reunião.

4. Numa despedida Fale da emoção que sente naquele instante.

Enumere fatos vividos e pessoas queridas.

Prometa jamais esquecer daquele período da vida.

5. Para apresentar alguém em público Enumere as atividades da pessoa apresentada.

Cerque a apresentação de pormenores que o tornem simpático ao público.

Encerre falando da honra que você tem de apresentá-lo.

Primeiras intenções Ao passar um e-mail, na correria do dia-a-dia, esquecemos de nos perguntar qual é a nossa intenção com o texto. Claro, sabemos o que dizer e para quem dizer, mas, muitas vezes, esquecemos de analisar o ?como dizer?. Uma ordem é completamente diferente de um pedido de desculpas, por exemplo.

O mesmo assunto pode ser objeto de diferentes tipos de texto e, de acordo com a nossa intenção, toda a estrutura do texto se modifica: o vocabulário, a organização dos parágrafos, o tamanho de cada frase, os tipos de destaques, entre outros detalhes.

Então, antes de tudo, pense na sua intenção com o texto. Em seguida, preveja a receptividade do seu destinatário. Depois de tudo isso, pode ficar tranqüilo para escrever seu e-mail com mais segurança!

Um bom mês para você! ?Um homem, ao se comunicar, usa duas marchas: falar e esperar para falar? ? Landmark Education

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima