O que meus funcionários vão achar quando eu… GV.313

 

Como gerentes e líderes, muitas vezes nos perguntamos o que os funcionários pensam sobre certas atitudes nossas. Listamos aqui algumas delas para acabar com suas dúvidas e deixar sua equipe ainda melhor!

 

O que meus funcionários vão pensar se eu me sentar com eles à mesa do almoço ou convidá-los para almoçar comigo?

Líderes inteligentes geralmente almoçam com seus funcionários e aproveitam a oportunidade para receber e dar feedback, construir confiança ou simplesmente para aproveitar a companhia um do outro. Quando perguntamos aos funcionários o que eles pensam dessa prática, as respostas mais comuns são: “Nosso gerente deve gostar da gente” e “Que bom saber que estamos nessa juntos”.

 

Quando os líderes falam sobre as pessoas que trabalham com ele, em vez de falar sobre as pessoas que trabalham para ele, estão cultivando uma verdadeira mentalidade de time. Um líder não está acima ou abaixo de seus liderados, mas sim junto deles.

 

Qual é a impressão que passo para meus funcionários se trato eles de forma diferente quando o diretor ou o dono da empresa está perto?

Resposta simples. Seus funcionários vão pensar: “Que cara inconveniente!”.

 

Se você tem essa prática, pare agora mesmo. Essa é uma das coisas que mais incomodam os funcionários, pois elimina a confiança, diminui o comprometimento e reduz a produtividade – tudo porque seu time vê, com os próprios olhos, que você tem duas faces.

 

Um dos atributos dos grandes líderes é que eles realmente acreditam que todos são iguais – não importa se é na função de atender o telefone ou de ser CEO da empresa. Se você perceber que age de forma diferente para impressionar os chefões, então aproveite para fazer seu time todo parecer bem, pois isso vai ajudar todos a longo prazo.

 

Como meu funcionário se sente quando peço que ele/ela dê sua opinião em uma reunião?

Ele provavelmente vai pensar: “Uau, o chefe quer minhas opiniões e ideias? Acho que, então, eu sou valorizado por aqui!”. Os funcionários sempre dizem que é muito encorajador quando seus chefes ouvem respeitosamente suas opiniões na frente dos outros e que isso motiva o restante do grupo a participar também.

 

Fica muito claro, com isso, que os funcionários querem se sentir valorizados e, ao ouvi-los, você está passando a mensagem de que isso verdadeiramente acontece – em especial quando você pede a opinião de pessoas tímidas ou que nunca participam. Por trás da aparência de constrangimento, existe alguém feliz por ser ouvido.

 

O que meu time vai pensar se eu geralmente chegar mais tarde do que todo mundo?

Gerentes normalmente possuem bons motivos para chegar mais tarde – eles estavam em uma reunião ou tomando café com algum cliente importante, estiveram na outra filial, ficaram tabalhando até tarde da noite resolvendo um problema…

 

Mas, a menos que você tenha seus horários e compromissos transparentes para todos, seus funcionários poderão sim pensar: “Se ele não respeita as regras, por que nós temos que respeitar?”. Em vez de responder rapidamente essa pergunta com um simples “porque vocês não são gerentes”, pense em algo mais produtivo: se você não puder ou não quiser contar o que estava fazendo (talvez dormindo até mais tarde), deixe claro e transpareça que você trabalha tanto quanto espera que eles trabalhem e que se importa mais com os resultados do que provavelmente eles se importem.

 

Aliás, é importante que você deixe claro que as suas responsabilidades com a empresa e com sua equipe vão muito além do horário preestabelecido de trabalho.

 

O que meu funcionário vai pensar se eu der a ele/ela um presente pelo seu bom trabalho?

Simples: “Adoro quando alguém reconhece e aprecia o meu trabalho”.

 

Funcionários se sentem valorizados pelo seu chefe quando recebem algum tipo de reconhecimento. E quem não se sentiria? Aproveite essa apreciação dos seus funcionários para criar um ciclo virtuoso de prêmios e resultados.

 

O que meus funcionários pensam quando eu não conto as más notícias para eles?

Agindo assim, você deixa em dúvida a sua equipe: “Será que ele também não conta as boas notícias?”.

 

Acredite ou não, sua equipe vai ficar sabendo das más notícias, de um jeito ou de outro. E, já que isso vai acontecer, melhor que venha de você. Seja transparente e compartilhe tanto as más como as boas notícias. Manter seus funcionários informados do que está acontecendo com a empresa passará a eles a sensação de segurança e confiança. E você provavelmente vai precisar ainda mais do comprometimento deles durante as vacas magras. Use a discrição em algumas áreas, mas compartilhe o máximo que puder.

 

O que meu time vai pensar se eu reconhecer o esforço dele como um todo, mas não individualmente?

Incentivos para todo o grupo é uma maneira muito eficiente de celebrar as conquistas feitas em conjunto. Mas, quando essa é a única maneira de você reconhecer, muitos irão sentir que estão, na verdade, carregando o grupo em suas costas, e isso cansa. Eles começam a pensar que ninguém se importa com o passo a mais que estão dando, com o esforço fora do padrão. Então, aproveite as conquistas para celebrar em grupo, mas também para reconhecer individualmente aqueles que mais contribuíram.

 

Que pensamento eu passo para meus funcionários quando trabalho a maior parte do dia com a porta fechada (ou com o fone de ouvido, ou com a placa de “não atrapalhe”)?

Embora existam, sim, momentos em que você precise se concentrar e ter conversas privadas, uma porta aberta sempre manda uma mensagem muito mais positiva. Uma porta fechada significa que ou o chefe não quer ser incomodado para ajudar seu time ou que alguma coisa ruim está acontecendo. Feche a porta quando precisar, mas abra assim que sua máxima concentração não for mais necessária.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima