Pesquisa revela o que é valor para o consumidor

Pesquisas, novidades e tendências do mercado para você

A aquisição da revista VendaMais dá direito ao acesso do conteúdo exclusivo do site VendaMais. Se você é assinante, basta digitar seu e-mail e senha. Caso tenha adquirido a revista nas bancas, digite a palavra-chave Lembrar, válida apenas para o mês de setembro.

 

“Um dos grandes problemas em vendas é que todo vendedor deseja aumentá-las em, por exemplo, R$10 mil na semana. No entanto, não está disposto a realizar cem vendas a R$100 cada”

Professor Paulo Sérgio

 

Pesquisa revela o que é valor para o consumidor

 

A agência Euro RSCG Worldwide realizou recentemente uma pesquisa com centenas de clientes nos Estados Unidos, Reino Unido e França a fim de descobrir o que significa valor para eles. O levantamento mostrou que a qualidade e o serviço são as forças impulsionadoras por trás das decisões de compra na economia atual. Na verdade, comparado a 2008, quase 25% a mais dos entrevistados declararam que compram baseados na qualidade, e não no preço. Para eles, valor não está ligado a preço, mas sim a transações que lhes permitam se sentirem inteligentes quanto as suas decisões de compra.

 

Esse estudo concluiu também que os clientes estão cada vez mais interessados em pesquisar sobre marcas e compartilhar suas opiniões e informações on-line, pois 78% dos participantes consideraram a internet uma parte muito importante da experiência de compras, mesmo quando elas não são feitas através da rede.

 

Embora o universo virtual esteja em evidência, ele não exclui o contato humano. O serviço de atendimento ao consumidor também foi considerado significativo. Segundo a pesquisa, mais de 80% dos participantes declararam desejar que as empresas mostrem uma face humana. A maioria deles considera que um atendimento de primeira classe (67%) e a confiança na companhia (58%) influenciam suas decisões de compra.

 

E-commerce em alta

 

As transações on-line estão caindo cada vez mais nas graças da população brasileira. Segundo dados divulgados pela E-bit, o número de consumidores do País que comprou via internet chegou a 13,2 milhões no ano passado. Essa marca representa um aumento de 39% em relação a 2007, e a expectativa da consultoria é que 2009 termine com 17,2 milhões de compradores on-line, movimentando em torno de R$10 bilhões. De acordo com especialistas, promoções, fretes grátis, parcelamentos sem juros e preços mais competitivos em relação ao varejo tradicional são os principais motivadores para esse avanço do e-commerce nacional.

 

Dicionário corporativo

 

Brainstorm, feedback, branding, core business, follow-up, insight... Cada vez mais palavras emprestadas de outras línguas e realidades mercadológicas invadem o dia a dia do empresariado brasileiro. Para quem tem sentido dificuldades em se adequar a toda essa mudança de vocabulário, a empresa Ricardo Xavier desenvolveu um glossário com os principais novos termos aplicados ao RH e ao mundo corporativo em geral. Para acessá-lo, basta entrar no site: www.ricardoxavier.com.br e clicar na opção Dicionário corporativo.

 

Ah, a fofoca…

 

Uma pesquisa realizada com trabalhadores britânicos estimou que as companhias estão gastando mais que imaginam com fofoca. Em um país em que é comum os empregados reclamarem das longas horas passadas no escritório, a consultoria de recursos humanos Office Angels descobriu que os desperdícios com interrupções aparentemente inofensivas chegam a uma média individual de 13 dias úteis de trabalho por ano, o equivalente a três semanas de jornada de trabalho. De acordo com a pesquisa, dos cerca de 29 milhões de trabalhadores britânicos, 13% admitiu gastar pelo menos duas horas semanais fofocando com os colegas. A informação é do portal RH. Visite o site: www.rh.com.br.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima