Pessoas de sucesso não desistem facilmente

Qual é o ingrediente do sucesso?

Existem características comuns em todas as pessoas de sucesso, independentemente da área em que atuam. Mas uma parece ser permanente – a persistência. As bem-sucedidas sempre comentam sobre todas as dificuldades pelas quais passaram. Existe até um ditado que diz: “Não importa o número de vezes que você caiu, mas quantas se levantou”. Phil Knight, fundador da Nike, resumiu isso quando disse: “O segredo é tentar só mais uma vez. Até acertar. Porque o acerto final é maior do que todos os erros anteriores”.

 

Muitas pessoas não entendem que a maioria das coisas não dá certo na primeira vez. Não adianta só ser otimista ou ter pensamento positivo, é preciso fazer algo até dar certo. Mesmo Napoleon Hill, autor do clássico de autoajuda Pense e enriqueça, repetia que é preciso aprender a conviver com o fracasso, o erro, o cansaço, o desânimo e a desmotivação. As pessoas de sucesso também passaram por isso – a diferença é que não desistiram hoje porque sabiam que estariam prejudicando si mesmas amanhã.

 

Alguns semeiam hoje e já querem colher amanhã. Não funciona assim, a vida tem ciclos, fases e estações. Você deve se adaptar, fazendo o que é certo até conseguir – mesmo que demore um pouco mais do que imaginava. Essa é a importância da persistência e o caminho do sucesso.

 

Mas, se é verdade que a persistência é fundamental para o sucesso, por que tantas pessoas desistem? Por que comprometem seu sucesso no futuro desistindo hoje? É importante entender que tudo o que fazemos hoje influenciará outra pessoa – você mesmo, só que amanhã.

 

Se amanhã eu quiser ser mais magro, preciso comer menos hoje. Se amanhã quiser mais oportunidades, preciso estudar hoje. Quem paga o preço sou “eu agora” para que o “eu amanhã” possa ser mais feliz. É aqui que a maioria das pessoas tem um problema, pois o seu “eu hoje” fica com preguiça e não quer pagar o preço pelo amanhã. E desiste.

 

Veja uma citação de Calvin Coolidge, que foi presidente dos Estados Unidos (1923-1929): “Nada no mundo pode substituir a persistência. O talento não substitui; nada é mais comum do que pessoas talentosas e fracassadas. A genialidade não substitui; genialidade sem recompensa é a coisa mais comum do mundo. Educação não substitui; o mundo está cheio de desajustados bem-educados. Apenas a persistência e a determinação são onipotentes”.

 

 

Na prática

Quer testar como você e os demais integrantes da sua equipe de vendas se autoanalisam no quesito persistência? Então, faça a dinâmica de grupo sugerida por Silvia Osso. Essa dinâmica é um oferecimento da revista Liderança (www.lideraonline.com.br) à VendaMais. Confira (e aplique!):

 

Objetivos Debater o tema persistência e desenvolvê-lo de forma participativa. Envolva todos os integrantes de sua equipe de vendas no debate e permita que saibam expor, ouvir e promover a reflexão, verbalização de ansiedades, opiniões e formação de consenso.

Recursos Imprimir para todos os participantes o artigo Uma lição de paciência e persistência, de Ômar Souki, disponível para download no site: www.vendamais.com.br/php/plus.php.

Número de participantes De 4 a 20.

Tempo estimado Duas horas.

Preparação – É importante que você prepare-se para falar sobre persistência, lendo o texto abaixo para que possa conduzir a dinâmica com mais segurança e eficácia.

 

Texto de embasamento sobre persistência

Jamais na história da humanidade o ser humano foi tão posto à prova, em que sua resistência emocional tem de ser renovada todos os dias.

 

Isso porque, para ter sucesso, o profissional precisa sempre de ousadia para criar novos caminhos a seguir, determinação para saber se este é o caminho certo e persistência para não desistir diante dos inúmeros obstáculos que sempre aparecem. Para isso:

  • Suas emoções devem estar controladas, coisa não tão fácil de conseguir.
  • Você precisa superar-se a cada nova etapa vencida e desenvolver novas habilidades.
  • Tem de aprender a usar sua intuição na hora de tomar decisões arrojadas e a confiar nas suas próprias atitudes.
  • Necessita ter muita resistência quando a vontade de desistir estiver batendo à porta. Afinal, somente os persistentes conquistam o tão sonhado sucesso.

 

Abertura 10 minutos

Faça uma pequena exposição sobre o desenrolar da dinâmica, informando que ela é composta de partes com igual importância, que permitirão uma reflexão sobre o tema persistência.

 

Desenvolvimento

1º momento – 15 minutos

Peça que os participantes formem um grande círculo e sentem-se para acompanhar a leitura do artigo Uma lição de paciência e persistência, de Ômar Souki. Entregue uma cópia para cada um a fim de que todos acompanhem a leitura e peça que prestem bastante atenção.

 

2º momento – 45 minutos

Peça que os participantes se levantem e formem dois círculos, um dentro do outro, deixando os integrantes do círculo de dentro de frente para os do círculo de fora (e vice-versa).

 

Os integrantes do círculo de dentro ficam parados no lugar inicial e os de fora giram para a esquerda, a cada dois minutos, de acordo com o sinal dado por você. Cada dupla fala sobre o tema persistência, durante dois minutos, sendo um minuto para cada pessoa. É importante que você acompanhe a discussão para ouvir o que está sendo falado, pois vai precisar desses dados para uma síntese final. As pessoas do círculo de fora vão girando até chegarem ao par inicial.

 

Ao terminar esse trabalho, o grupo volta para a posição de grande círculo, quando os participantes apresentam conclusões, tiram dúvidas, complementam ideias e concordam ou não sobre o assunto discutido. Complete fazendo uma síntese, estimulando assim a formação de um consenso grupal.

 

Encerramento 10 minutos

Comente que a dinâmica foi escolhida com o propósito de mostrar a importância de estar em sintonia com os acontecimentos do mundo empresarial, no sentido de ampliar a visão sobre os fatos que interferem no dia a dia e do quanto é necessário saber onde estão e para onde devem seguir.

 

Feedback – 30 minutos

Terminada a dinâmica, obtenha feedback perguntando:

  • O que descobrimos sobre o assunto?
  • Como nos sentimos durante a dinâmica?
  • O que foi positivo?
  • Que ensinamentos podemos tirar para o grupo?

 

Agradeça a todos pela participação.

 

Silvia Osso é palestrante e consultora de empresas. Especialista em varejo, é autora do livro Atender bem dá lucro e do DVD Etiqueta empresarial.

E-mail: [email protected]

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima