Seus clientes são mal-educados?

Educar seus clientes precisa ser uma prioridade

Vou falar uma coisa dura, mas que tenho certeza de que é verdade: a maior parte dos seus clientes é tremendamente mal-educada. Não me refiro aqui à falta de modos, a gente rude ou grosseira, refiro-me a algo mais simples: nossos clientes simplesmente nunca foram educados para comprar corretamente. Por exemplo:

  • Como pizza pelo menos uma vez por semana, há anos. Uma única pizzaria, das dezenas que visitei, deu-se ao trabalho de me explicar o que é uma Pizza DOC e por que esse tipo de pizza é teoricamente melhor do que os outros.
  • Por um motivo ou por outro, visito farmácias pelo menos uma vez por mês. Nunca uma farmácia tentou educar-me sobre como viver de maneira mais saudável.
  • Ando de carro desde que completei 18 anos e, nesse período de tempo, tive Ford, Fiat, GM e Audi. E nenhuma dessas empresas de automóveis tentou me ensinar a dirigir melhor, a diminuir o desgaste dos pneus ou a economizar combustível.
  • Já comprei quatro laptops (dois Toshiba, dois Dell) e nunca tentaram me ensinar a melhorar o desempenho ou usar a máquina de maneira mais inteligente.

Posso ficar aqui o dia inteiro fazendo essa lista de deslizes e tenho certeza de que você também pode fazer a sua. A verdade é que as empresas não estão ensinando coisas importantes aos seus clientes. Depois reclamam de que eles só querem preço, de que não são fiéis, de que valorizam coisas que não são importantes, comparam maçãs com bananas, etc. Mas a culpa não é dos clientes, e sim das empresas que não entendem de verdade como agregar valor.

Clientes educados e esclarecidos invariavelmente preferem a qualidade e todos os diferenciais que você tem para oferecer. Clientes mal-educados querem preço baixo, porque no fundo acham tudo igual.

Está na hora de começar a fazer algo em relação a isso. Chega de clientes mal-educados. Comece agora mesmo a encontrar formas criativas de ensinar seus clientes a realmente entenderem o que estão comprando. Transforme seus clientes em experts. Ninguém mais está fazendo isso e esse será claramente um diferencial. Educar seus clientes sinaliza ao mercado uma inegável qualidade superior – nenhuma empresa com qualidade inferior vai realmente querer educar alguma coisa – e são essas as que parecem estar faturando mais hoje em dia!

Toda empresa séria, na minha opinião, deveria organizar cursos para seus clientes. Deveria ter cartilhas ensinando e reforçando coisas importantes. Deveria ter vídeos no YouTube com demonstrações, entrevistas, aulas. Deveria oferecer uma newsletter com tendências e novidades. Enfim, toda empresa, independentemente do ramo de atuação, deveria praticar o marketing educacional (note também que não dá para fazer isso com a ajuda de vendedores amadores ou despreparados).

Chega de clientes mal-educados. Chega de gente que não sabe comprar. Chega de o cliente comparar um produto ou serviço superior a um inferior e achar que são todos iguais, pois não são. Não deixe que isso aconteça. Diga-me: o que você tem feito para educar seus clientes?

Abraços educados e boas venda$,

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima