Sobre feiras, eventos e exposições

Empresas que utilizam o marketing de guerrilha sabem que participar de feiras, eventos e exposições é uma excelente forma de vender. Confira seis dicas para aumentar suas chances de sucesso.

Empresas que utilizam o marketing de guerrilha sabem que participar de feiras, eventos e exposições são uma excelente forma de vender. Sabem também que o primeiro passo para ser bem-sucedido nesses canais de vendas é descobrir quais desses momentos devem ser selecionados. A seguir, 6 dicas para aumentar suas chances de sucesso.

  1. Saiba onde está pisando – Faça uma revisão de todos os eventos que você participa anualmente. Eles continuam a atrair compradores potenciais do seu produto? O número de visitantes continua a crescer? O que têm oferecido de novidade para sua empresa e para os visitantes em geral? Não tenha receio – se for o caso – de abandonar eventos que você ache que já não valem mais a pena.
  2. O cliente sempre tem razão – Pergunte para seus clientes, e para quem você deseja que seja seu cliente, quais eventos, feiras e exposições eles costumam frequentar. Certamente, para você, essas pessoas lhe indicarão o “caminho das pedras”: se funciona para eles, muito provavelmente funcionará para o seu negócio.
  3. Sindicatos, associações e comunidades – Esses “agrupamentos”, muitas vezes, promovem convenções que são verdadeiros megaeventos, com muitos expositores e visitantes. Desenvolva uma rápida pesquisa junto a seus clientes e descubra se eles – pelo menos um número razoável – costumam participar ou fazer parte de alguma forma de associação. Se sim, eis aí um belo indicador de clientes potenciais.
  4. Jogue junto – Que tal aproximar-se das empresas que promovem eventos, feiras e exposições? Não pense que elas são apenas geradoras de custo para você. Muitas formam associações e se, de alguma forma, você (ou sua empresa) puder colaborar com eles certamente portas serão abertas para facilitar sua participação (e suas vendas).
  5. Concorrentes indiretos – Muitas empresas que participam dos mesmos eventos que a sua participa não são necessariamente concorrentes direto de seu negócio. Apesar de disputarem os mesmos clientes isso não significa que vendam as mesmas coisas. Certamente muitos desses competidores não se sentirão ameaçados por você. Então, aproveite e converse com eles. Muitos lhe darão excelentes dicas sobre quais feiras participar.
  6. Vá mais além – Quais são as feiras, eventos e exposições que seus clientes freqeentam? A ideia aqui não é repetir a pergunta do item 1 deste check-list, mas, sim, focar nos concorrentes de seus clientes, afinal, eles são expositores, também, nessas feiras. Muitos, certamente, podem ser excelentes prospects para você. Só atente para fazer isso com a devida discrição, ok?

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima