Supere!

Imagine-se trabalhando ou desenvolvendo alguma atividade em um ambiente caótico. Imagine-se trabalhando ou desenvolvendo alguma atividade em um ambiente caótico. Chefe e pessoas gritando e cobrando prazos e resultados, os relatórios inacabados, as pessoas preocupadas cada uma com suas funções, o tempo passando em uma velocidade incrível e para completar… seu computador trava. Poderíamos dizer que este é um típico ambiente caótico. É quase impossível não se abater pela fadiga, tensão e estresse. Diante desse cenário, com continuar a desempenhar suas funções com 100% de aproveitamento? Pode acreditar, seu chefe vai te cobrar isso também!

Para essas situações, tem sido comentada com freqüência a analogia entre o termo utilizado em Física para expressar a ?capacidade de um material voltar ao seu estado normal depois de ter sofrido uma pressão?, ou Resiliência, e um poder de recuperação humano semelhante.

Se pudéssemos utilizar uma referência cinematográfica, o resiliente seria uma espécie de personagem Wolverine, do filme X-Men, com uma rápida habilidade de auto-recuperação. Mas o melhor exemplo para ilustrar o resiliente vem do personagem de Roberto Benigni, no filme A Vida é Bela. Guido, um judeu de uma determinada região da Itália, é preso com seu filho em um campo de concentração nazista. Ele dá um jeito de passar por aquela situação da melhor forma possível, simplesmente mudando a maneira de enxergar as coisas e transformando desânimo em persistência, descrédito em esperança, obstáculos em oportunidades e a tristeza em alegria.

Então, o que seria exatamente Resiliência quando aplicada à vida das pessoas? É a capacidade concreta de retornar ao estado natural de excelência, superando situações críticas. E aqui vão algumas dicas para você colocar em prática este conceito diante de um problema:

1. Analise de que forma você enxerga a vida ou o fato que está lhe causando inquietação.

2. Aproprie-se do desafio. Saia do estado de vítima e seja protagonista. Ex: Você ganha mal porque não se capacitou e não porque o outro ganha muito.

3. Avalie se você pode mudar a situação ou se trata de um cenário sob influências externas. Ex: Quando você está preso no trânsito, está sob uma situação externa.

4. Se você não pode controlar a ação, controle seu estado. Verifique formas de ficar calmo e relaxar.

Lembre-se: as empresas e o mundo precisam de pessoas que se auto-gerenciem sob pressão. Seja uma delas.

(box)

Características do resiliente:

· Consegue recuperar-se facilmente de um desapontamento ou uma frustração.

· Consegue relaxar e se orientar em momentos difíceis.

· É paciente e consegue ver o lado cômico das situações.

· Pode facilmente afastar distrações quando precisa se concentrar.

· Consegue administrar seus sentimentos e suas emoções em ambientes imprevisíveis e emergenciais.

· Pede ajuda quando não é capaz de enfrentar algum problema sozinho.

· Está em constante contato com seus sonhos e firme em seus propósitos.

Frase: ?Na natureza não existem recompensas nem castigos. Existem conseqüências? ? Robert Ingersol

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima