Tipos de mídia – GV n. 25

Análise das mídias

 

 

Eu continuo, mesmo depois de tantos anos nesta área, a me surpreender como algumas empresas disperdiçam tanto dinheiro com marketing errado. Às vezes a mídia é errada, às vezes o produto ou o serviço é errado, às vezes a mensagem é errada e às vezes, é tudo isso junto!

 

Mesmo assim, dia após dia vemos mensagens completamente amadoras – nos jornais, na TV, no rádio e nas revistas despreparadas e mal formatadas. Como resultado, as empresas diminuem, e muito, o potencial de retorno da campanha de marketing e vendas.

 

Aqui mostramos algumas colocações que poderão ajudá-lo(a) na busca por maiores resultados nas campanhas de marketing:

 

Mídia: TELEVISÃO – (94% da população adulta)

 

Vantagens

        – Permite demonstração

        – Maior eficiência em produtos de consumo em massa

        – Grande cobertura geográfica e de população

        – Baixo custo relativo (custo unitário por pessoa atingida pela propaganda)

        – Fácil acesso às classes A, B, C e D

Tome cuidado!

        – É uma idéia simples e de fácil execução também pelos seus concorrentes

        – Estude a abrangência geográfica e veja se é adequada para seu produto ou serviço

        – Estude a frequência das inserções (nem de mais, nem de menos)

        – Coloque testemunhais

 

Mídia: RÁDIO – (87% da população adulta)

 

Vantagens

        – Baixo investimento em termos absolutos

        – Rapidez de produção e troca de mensagens

        – Permite um número maior de inserções já que o custo é menor

        – Cobertura local

                – Mídia seletiva

Tome cuidado!

        – Diferencie a sua mensagem

        – Mexa com a imaginação das pessoas

        – Diga apenas o necessário

        – Troque a mensagem com freqüência

        – Use frases curtas

        – Repita telefone/site/e-mail no começo e no fim

 

Mídia: JORNAL – (53% da população adulta)

 

Vantagens

        – Credibilidade (confiança ligada ao nome do jornal)

        – Seletividade (normalmente atinge-se formadores de opinião e decisores)

        – Rapidez na veiculação

        – Divulgação local

 

 

 

Caixa de texto: Edição nº 25	21 de março de 2005Tome cuidado!

        – Página ímpar proporciona melhor exposição

        – Identifique sessões de preferência do seu público-alvo

        – Diferencie seu anúncio  

        – Crie uma mensagem criativa e direta

 

Mídia: OUTDOOR

 

Vantagens

        – Alto impacto visual

        – Excelente no lançamento de produtos/serviços

        – Mídia local

Tome cuidado!

        – Sem muita seletividade do público (a não ser que sejam escolhidos outdoors em bairros especiais)

        – Use mensagens curtas. Geralmente as pessoas conseguem ler até 6 palavras quando estão       passando com o carro pelo outdoor.

– Tempo de permanência do cartaz: não deixe muito tempo, com as folhas descascando. A         imagem começa a fazer parte da paisagem e não chama mais a atenção. Tenha sempre uma             rotatividade das mensagens.

        – Uso racional de cores

        – Em média, o uso de 70 outdoors numa capital (excluindo São Paulo) atinge um milhão de pessoas.

 

Mídia: REVISTA – (51% do público adulto)

 

Vantagens

        – Segmentação pelo assunto da revista

        – Credibilidade (aliados à marca da revista)

        – Vida útil do anúncio é muito maior do que a de um jornal, rádio ou outdoor

        – Atinge formadores de opinião e decisores

        – Circulação nacional ou regional

        – Melhor qualidade de impressão permite foto/imagens

Tome cuidado!

        – Página ímpar proporcionam melhor exposição

        – Destaque a forma de contato entre o consumidor e a empresa

        – Use veículos dirigidos, que permitem segmentar o anúncio – o que aumenta seus resultados.

 

Mídia: MALA-DIRETA

 

Vantagens

        – Mínima dispersão de verba (porém com alto investimento unitário)

        – Alta seletividade (por cargo, por renda, por local, etc.)

        – Atenção única para o seu material

Tome cuidado!

        – Certifique-se de que o cadastro é atualizado

        – Cuidado no uso de cores

        – Faça um bom uso do papel (dependendo do tamanho e tipo utilizado a ação pode ficar             mais cara/mais barata)

        – Facilite as respostas do cliente (ofereça cupom de respostas, selo pago, acesso a um site etc.)

Caixa de texto: Edição nº 25	21 de março de 2005        – Presenteie a resposta imediata (ofereça um brinde para os X primeiros; ou para os que             responderem até o dia Y).

 

 

O estudo para uma correta campanha de marketing e vendas é complexo. Envolve a definição e a análise:

 

– do produto ou serviço;

– do público-alvo e das suas características principais;

– da demanda potencial – quem realmente gostaria de comprar seu produto ou serviço?

– dos pontos fortes da sua marca, do seu produto ou serviço;

– do benefício agregado (o que realmente os consumidores irão ganhar com a compra?);

– das experiências anteriores dos consumidores;

– da concorrência;

– do posicionamento estratégico da sua empresa;

– dos tipos de mídia disponíveis;

 

Muitos desses assuntos já foram discutidos aqui no Gestão em Vendas e se você conseguiu aplicá-los, provavelmente você, e a sua equipe, já devem ter algumas das respostas na ponta da língua. É importante definir esses quesitos para para então ser possível a melhor mídia para divulgar seus produtos e serviços.

 

Geralmente, uma boa escolha é testar todos os tipos de mídia disponíveis e viáveis (de acordo com a verba da empresa) existentes para o seu produto/serviço. A partir daí, você começa a realmente medir os resultados que cada uma proporciona as suas vendas.

 

O ideal é alcançar resultados através de um conjunto de mídias e não utilizando apenas uma, para que as vendas do produto/serviço não sejam responsabilidade de apenas um canal de comunicação. Ou seja, após fazer os testes e descobrir que mídias funcionam melhor para a sua empresa, você poderá definir porcentagens do seu orçamento para cada mídia, atingindo assim um conjunto de mídas que realmente funcionam.

 

Saber exatamente onde está sendo aplicado o dinheiro, que resultados estão sendo gerados (em temos financeiros, de marca, de posicionamento, de imagem etc.) e como multiplicar isso para períodos futuros, é a chave para o sucesso nas campanhas de marketing.

 

                                   Uma ótima semana e boa$ venda$!

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima