VIDA DE MÃO DUPLA

Certa vez, dando uma lida na pesada bíblia sobre etiqueta, O Livro Completo de Etiqueta, de Amy Vanderbilt, milionária americana dos anos 50 que oferece regras para todas as situações comuns na vida Certa vez, dando uma lida na pesada bíblia sobre etiqueta, O Livro Completo de Etiqueta, de Amy Vanderbilt, milionária americana dos anos 50 que oferece regras para todas as situações comuns na vida, notei que o tal livro merece realmente ser chamado de completo, pois procura mostrar sempre os dois lados de uma mesma situação.

Em um determinado capítulo, por exemplo, a autora ensina como chegar a uma festa da qual você é um completo desconhecido dos outros convidados. Mais adiante, em um outro capítulo, conferi que, ao dar as dicas de como ser um bom anfitrião, Mrs. Vanderbilt volta àquela situação anterior, agora sob o ângulo de visão oposto, o do anfitrião, para que ambos saibam como agir nessa embaraçada circunstância.

O sincronismo da autora demonstra que na vida, a lei da ação e reação é soberana, fazendo com que nossos atos dependam muitas vezes de como seremos tratados pelo outros. Se repararmos bem, vivemos sempre esperando que os outros tenham, de alguma forma, uma reação idealizada por nós, que às vezes acontece, mas que quase sempre fica na esperança.

Esperávamos que nossos colegas fossem sempre nossos amigos e que os professores da escola nova fossem tão bons como os da outra escola. Esperamos que os outros saibam que estamos na preferencial, que o chefe visualize nosso valor e que o funcionário cresça e se desenvolva. Esperamos aprovar a nova proposta e que o fornecedor trabalhe bem para que o projeto atinja todas as expectativas. Espera-se que o cliente entre em uma determinada loja, compre, goste, recomende e volte.

Acontece que para que algo de bom aconteça, não adianta apenas ficarmos esperando. É necessário sermos proativos, fazermos alguma coisa para que o resultado seja próximo daquilo que esperamos. Para que na velhice sejamos respeitados e lembrados por nossos filhos, é necessário que façamos por merecer, que respeitemos seus valores e que deixemos claro a importância deles em nossas vidas o tempo todo. Para que um cliente valorize uma empresa é preciso que ele seja valorizado por ela. Simples assim.

Frase: Ninguém pode nos derrotar a não ser que nós tenhamos nos derrotado primeiro ? Dwight Eisenhower

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima