Vivendo e aprendendo

Você já notou como nos filmes de Hollywood a maioria dos instrumentos musicais pode ser tocada sem mexer os dedos? Você já notou como nos filmes de Hollywood a maioria dos instrumentos musicais pode ser tocada sem mexer os dedos? Ou que para pagar o táxi nos filmes basta colocar a mão no bolso e tirar uma nota ? qualquer nota ? e você vai dar sempre a quantia exata? Pois é assim que algumas pessoas passam pelo vida ? vendo e acreditando em tudo o que é visto ou dito.

Diz um antigo ditado chinês que o sábio não vê o mesmo arbusto que o tolo vê. Com as coisas acontecendo tão rápido hoje em dia, principalmente numa sociedade neurótica como a brasileira, que vai do torpor ao desespero e depois à euforia em apenas três meses, mais do que nunca entender a realidade e aprender com os erros, seus ou de outros, passa a ser fundamental. Até porque, como diz um certo ditado texano, você não aprende nada na segunda vez que leva um coice de mula.

Então, encare a boa realidade: com crise e tudo, o Brasil não acabou, a inflação não disparou, não houve quebradeira geral, o desemprego não explodiu e mais uma vez os ?fracassomaníacos? e os arautos do caos erraram feio. Ganhou quem cortou seus custos, treinou a equipe, atendeu bem os clientes etc. Esses sobreviveram à maré contra e agora estão ?em ponto de bala?, prontos para ganhar dinheiro, crescer, contratar, investir… enfim, ajudar a mudar a cara do Brasil.

Aproveite este mês para aprender mais: seja sábio, veja o que os tolos não vêem!

Um abraço e boa leitura!

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima