Como usar as Leis do Sucesso de Napoleon Hill na próxima reunião de vendas

Estava preparando uma aula e, ao invés de falar sobre as grandes mudanças que estão acontecendo em setores importantes que influenciam fortemente a área de Vendas, resolvi dar um passo atrás e voltar aos fundamentos.

Gosto de fazer essa conexão entre o novo e o antigo, pois permite que naveguemos melhor as águas turbulentas deste período complexo em que vivemos.

Nessas horas eu olho para minha biblioteca e deixo um livro me escolher. Não sou eu quem escolhe… é o livro. Ele claramente se destaca de todos os outros (eu chamo das musas da inspiração).

Comecei então a reler As Leis do Sucesso, de Napoleon Hill. Devia fazer uns 20 anos que não tocava nele. Mas desta vez foi quem me chamou, e eu respeito esse chamado. Acredito que por algum motivo ele fez a conexão comigo naquele momento.

Gosto desses clássicos porque sempre reforçam conceitos e fundamentos importantes. E quanto mais as coisas mudam, mais eu acho que precisamos valorizar e praticar os fundamentos. O livro pode estar defasado e parecer antigo na linguagem, mas a essência é muito atual.

São 16 as leis do sucesso de Napoleon Hill e você sabe o quanto gosto (e indico) listas assim para organizar os pensamentos.

Você pode se autoavaliar em relação às leis ou pode fazer um trabalho em equipe, em que todos se autoavaliam e comentam como estão em relação a cada ponto, onde estão bem e onde precisam melhorar.

Também pode usar como roteiro de feedback 1:1, numa reunião mensal entre líder e cada pessoa da equipe. Vai ser uma conversa muito mais rica e aprofundada do que as que normalmente temos, pode apostar.

Num mundo cada vez mais superficial, precisamos de profundidade.

Conversas assim permitem uma conexão maior e mais profunda. Nos últimos cinco anos, o item em que os líderes têm recebido as menores notas nas minhas mais de 5000 pesquisas de engajamento realizadas com equipes comerciais é falta de FEEDBACK.

Esta lista pode ser uma oportunidade fantástica de mostrar que você é claramente um/a líder diferenciado/a.

Então, aqui estão as Leis do Sucesso, de Napoleon Hill:

  1. Mastermind: as pessoas com as quais você convive desafiam você a ser e fazer o seu melhor? Estimulam você PARA CIMA?
  2. Definição clara de propósito: qual é exatamente a meta?
  3. Autoconfiança: você realmente acredita que pode alcançar suas metas mais ousadas?
  4. Economia/poupança: você consegue guardar um pouco de dinheiro todos os meses para ter um fundo de reserva que lhe dê mais segurança e tranquilidade?
  5. Iniciativa e liderança: você tem sido proativo/a ou reativo/a ao que precisa ser feito para atingir suas metas?
  6. Imaginação/criatividade: você tem tentado fazer coisas diferentes para atingir suas metas ou tem sempre repetido os mesmos hábitos antigos?
  7. Entusiasmo: de 0 a 10, qual seu grau de motivação e entusiasmo quando pensa nas metas e, principalmente, no que precisa fazer para atingi-las?
  8. Autocontrole e disciplina: você faz o que precisa ser feito para atingir suas metas todos os dias, sem desculpas ou justificativas?
  9. Fazer mais do que foi pedido: você tem buscado surpreender positivamente e entregar/fazer mais do que lhe foi pedido?
  10. Personalidade diferenciada: você tem sido companhia agradável? Sua presença torna um ambiente melhor, mais energizado, mais positivo?
  11. Pensamento com exatidão: você tem buscado formas de entender e melhorar os indicadores, processos, comportamentos e atitudes que levam você a ter os resultados que tem hoje?
  12. Concentração: você tem conseguido manter o foco para ter alta produtividade e alta performance?
  13. Cooperação: você tem buscado a ajuda de outros para melhorar seus resultados? Tem ajudado outras pessoas a melhorarem os resultados delas?
  14. Aprendendo com a falha: você tem utilizado ao máximo falhas e insucessos como lições e oportunidade de melhoria e crescimento?
  15. Tolerância: você tem lidado bem com mudanças frequentes e com pessoas, processos e formas de pensar diferentes do seu?
  16. A lei de ouro: você tem tratado os outros como gostaria de ser tratado/a? Melhor ainda: você tem tratado os outros como eles/elas gostariam de ser tratados?

Leia e releia a lista, pense no assunto e nas perguntas, reflita pessoalmente sobre suas próprias respostas às leis e depois compartilhe com a equipe.

Lembre que esta é sua missão: levar a equipe ao sucesso. Nada melhor, então, que as leis do sucesso para direcionar melhor as pessoas que olham para você como referência e respeitam sua opinião e mentoria.

Depois que terminei de revisar as perguntas senti uma calma enorme. Vários assuntos complexos que estavam se misturando na minha cabeça ficaram mais claros e organizados. Tenho certeza de que vai fazer o mesmo com você.

Num mundo cada vez mais complexo e tecnológico, essas pausas para revisar fundamentos são cada vez mais importantes e fazem uma enorme diferença.

Abraço, boa $emana, $uce$$o,

Raul Candeloro
Diretor

P.S. Para descontrair: Quando a empresa finalmente instala um CRM que funciona para a equipe de vendas

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima