Loja de Parede: Um novo conceito de compra no Brasil

Ao passar pelo metrô você avista uma parede com uma “gôndola” de produtos impressos, escolhe o que deseja, escaneia o QR Code e pronto! Sua compra está feita. E você pode seguir tranquilo com o seu percurso, sabendo que, em um ou em poucos dias a sua compra chegará na sua casa. Já imaginou ter essa experiência?

Isto é a chamada Loja de Parede! É real, está acontecendo nos metrôs de São Paulo e tão logo estará disponível em outras localidades. Essa é a grande novidade que O Boticário investiu com o objetivo de trazer para a marca mais visibilidade e vendas, por meio da tecnologia.

A loja de parede nada mais é que uma plataforma multifocal, uma vitrine com fotos dos produtos, códigos de barras e descrição dos produtos, muito semelhante às lojas físicas. Basta escanear o QR Code de um produto com a câmera do celular, adicionar os produtos desejados e realizar a sua compra. No caso do Boticário, ainda na mesma experiência é possível acessar o e-commerce, adicionar mais itens ao carrinho de compras e garantir o frete grátis da compra realizada por esse sistema, uma experiência multicanal.

Loja de parede do Boticário na estação Paulista, em São Paulo (Foto: Divulgação)

O projeto foi idealizado pela Mooz, unidade de soluções financeiras para o varejo do Grupo Boticário, e viabilizado em conjunto com as áreas de Mídia e Brand Experience da companhia, com o objetivo de fortalecer a estratégia multicanal do Grupo e atender às novas necessidades e desejos de compra dos brasileiros.

“A loja de parede possui um formato muito eficiente porque segue o comportamento atual do ser humano, que quer tudo na hora e sem complicações. Ao colocar a propaganda no metrô, por exemplo, é possível atingir um público que antes não tinha sido impactado”. Victor Ruiz, diretor comercial da Gigatron Tecnologia, ainda segundo ele, esta estratégia de vendas é uma ótima solução para quem deseja divulgar um bem ou serviço sem gastar muito.

Por ser uma ação pioneira no setor, lançando novo formato de venda multicanal em pontos estratégicos conferindo, ainda mais comodidade e praticidade aos consumidores brasileiros, a primeira impressão é que a marca resolveu inovar em um conceito novo para comercializar os seus produtos em ambientes urbanos.

Mas na verdade essas lojas de parede já existem há anos em países Asiáticos, no seu formato original e também de forma híbrida. Na China existem experiências interessantes com o modelo de loja na parede em restaurantes nos quais ao escanear o QR Code das fotos dos pratos, você recebe a comida no próprio local de vendas ou via delivery. Também é possível encontrar esse modelo nas lojas físicas do Alibaba, onde é possível escanear a imagem do produto e agendar o horário da entrega e o endereço conforme o desejado, um modelo de compra híbrida.

O principal desafio desta ação é torna-la humanizada, já que em nenhuma etapa do processo há interação entre pessoas. O cliente não encontra alguém disponível para tirar suas dúvidas em relação aos produtos ou ao processo de compra, neste caso o contato com um atendente pode ser muito mais esclarecedor do que uma explicação virtual ou escrita. É algo que já é observado pela marca e num futuro próximo será aprimorado.

E ai, qual a sua opinião sobre essa novidade? Se estivesse disponível na sua cidade é algo que você utilizaria?

 

Para saber mais sobre as tecnologias de vendas acesse o Blog SalesTech e fique por dentro das novidades!

Se você está buscando uma ferramenta de CRM, nós podemos te ajudar! No SalesTech Brasil você encontra os melhores CRMs do mercado!

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima