3 possíveis respostas para lidar com a objeção ‘Vou pensar e depois dou um retorno’

***
Interessado em melhorar como líder e gestor/a de equipe comercial? Quer uma equipe organizada, engajada, batedora de metas e com alta performance em vendas?

Venha para o GEC, meu curso online de Gestão de Equipes Comerciais!

Para participar do processo seletivo, clique aqui: www.queroparticipardogec.com
***

Uma das partes mais interessantes do meu dia é quando entro nos fóruns dos cursos online para responder pessoalmente as dúvidas de alunos. Inclusive, finais de semana são bem agitados nesse ponto, pois muita gente aproveita o sábado e o domingo para afiar o machado e estudar.

Neste último domingo, esta foi uma das perguntas que surgiu: “Como lidar com a objeção ‘vou pensar e depois dou um retorno’?”.

Existem várias formas de respondê-la, mas antes de falar qualquer coisa, você precisa entender as duas principais prioridades e como elas influenciam sua postura e atitude.

Essas prioridades são fundamentais de entender tanto para o/a líder que quer reforçar os comportamentos e as atitudes certas na equipe, quanto para o próprio vendedor ou vendedora, que precisa entender o ‘reason why’ dos roteiros sugeridos, para utilizar melhor as técnicas apresentadas.

Prioridade 1: Você precisa reassumir o controle e a direção da conversa.

Prioridade 2: Você precisa clarificar o que está acontecendo (ficou alguma dúvida, a pessoa vai pensar mesmo, precisa consultar alguém ou simplesmente não está interessada nem vai comprar e por algum motivo não quer falar isso diretamente ao vendedor?).

Quando vou falar especificamente de técnicas de venda, gosto de dar opções, pois, assim, o/a gestor/a pode escolher qual é melhor para a realidade da sua equipe de vendas e quais comportamentos/posturas quer reforçar nos treinamentos, na comunicação e nos feedbacks com a equipe.

Levando tudo isso em consideração, as minhas respostas preferidas à objeção ‘Vou pensar nisso e depois dou um retorno’ são estas:

Opção 1:

Nome, quando alguém diz que vai pensar e que depois me retorna geralmente é por um destes dois motivos:

a) Não está interessado/a na nossa proposta e por algum motivo não quer me falar agora;

b) Está interessado/a, mas não tem certeza e ficou com alguma dúvida ou precisa falar com alguém.

Qual destes dois é o seu?”

Veja que estamos basicamente fazendo aqui as duas coisas que falamos no começo:

1) Reassumindo o controle da conversa (#superdica de alta performance: vendedores de baixa performance são passivos nessa hora).

2) Procurando CLARIDADE. Por que exatamente a pessoa falou aquilo?

Ainda dentro dessa linha de controle e claridade, vem a opção 2:

“– Geralmente isso acontece quando ficou alguma dúvida. Posso perguntar o que exatamente você precisa analisar? Qual dos pontos que conversamos (revisão dos pontos conversados ‘A, B, C…’) não ficou claro suficiente para tomarmos uma decisão agora?.”

Outra opção (3):

“– Geralmente, quando me dizem isso é porque a proposta está quase perfeita, mas ainda falta alguma coisa. O que ficou faltando para ser a proposta perfeita e fecharmos agora?”

Note que, no fundo, o que estamos fazendo é tentando isolar a objeção oculta e reassumindo o controle da conversão, fazendo com que o/a prospect se posicione.

Se a pessoa disser ‘não tenho interesse’, é uma coisa – e isso precisaria ser trabalhado (proposta de valor provavelmente não ficou clara, talvez também porque levantamento de necessidades não foi aprofundado).

Se a pessoa mostrar uma dúvida ou clarificar a objeção (no que ela vai pensar), é outra coisa e abre espaço para reforçar PUV.

Note que precisa de uma postura proativa. Numa situação dessas, no fundo, muitas vezes a pessoa está dizendo ‘não vou comprar, mas também não quero me comprometer, então vou dar uma enrolada’.

99% dos vendedores/as aceitam essa enrolada! 

Como toda nova técnica/pergunta, precisa de um tempo para sentir-se confortável com ela, mas o princípio está claro: estamos passando para uma postura proativa, fazendo perguntas de clarificação que redirecionam a conversa e reassumem o seu controle.

Ok?

Eu gosto de dar opções de resposta para você ver qual delas prefere e qual mais se encaixa no seu jeito de vender.

E você, como lida quando o cliente fala ‘Vou pensar e depois retorno?’.

Das opções acima (1, 2, 3), qual acha que pode já começar a testar no seu dia a dia ou no dia a da equipe comercial?

Abraço, $uce$$o, boa semana e boa$ venda$,

Raul Candeloro
Diretor

P.S. São assuntos práticos assim que vemos no GEC (Gestão de Equipes Comerciais), meu curso online para gestores e líderes da área comercial que querem desenvolver sua liderança e a alta performance da sua equipe. Mais informações aqui: www.queroparticipardogec.com

P.S. 2 Convite: se você é gestor/a de equipe de vendas e quer participar da melhor comunidade do Facebook 100% focada em gestão de equipes comerciais de alta performance, peça para participar clicando aqui: https://www.facebook.com/groups/gecap

P.S. 3: No dia 21 de Outubro darei palestra no evento online 3º Seminário de Vendas, junto com Natasha Schiebel (editora executiva da revista VendaMais), Karen Jardzwski (diretora de Treinamentos do Grupo VendaMais) e Mirian Peretiatko (coach e mentora especializada em alta performance comercial). Mais informações e inscrições: https://www.sympla.com.br/

Conteúdos Relacionados

3 possíveis respostas para lidar com a objeção ‘Vou pensar e depois dou um retorno’

Uma das partes mais interessantes do meu dia é quando entro nos fóruns dos cursos online para responder pessoalmente as dúvidas de alunos. Inclusive, finais de semana são bem agitados nesse ponto, pois muita gente aproveita o sábado e o domingo para afiar o machado e estudar.

Neste último domingo, esta foi uma das perguntas que surgiu: “Como lidar com a objeção ‘vou pensar e depois dou um retorno’?”.

Continuar lendo
Rolar para cima