4 segredos para o profissional de marketing garantir os resultados do segundo semestre

4 segredos para o profissional de marketing garantir os resultados do segundo semestre

  1. Pare de implicar com o pessoal de vendas ? Convença-se de que as vendas não são inimigas. É só através dos vendedores que você pode conhecer o cliente de sua empresa e descobrir se seu trabalho está valendo a pena. Trate-os como se fossem seus clientes e os ajude a encontrar os melhores prospects. Prepare scripts de venda e se convença de uma vez por todas que todos dentro da sua instituição estão do mesmo lado.
  2. Guarde seus palpites para a loteria ? Por mais que falem e elogiem a intuição no trabalho, baseie suas opiniões e ações em números e dados concretos.
  3. Coloque em prática, seja obcecado com a ação ? Recentemente, sugerimos ao presidente de uma importante companhia uma nova estratégia e sua resposta foi: ?Não preciso de nova estratégia coisa nenhuma, e sim de uma forma de implementá-la?. Tire suas idéias do papel e faça tudo para colocá-las em prática. Esteja presente em cada área pela qual seu projeto passa para assegurar se ele está sendo executado e se as pessoas se acostumam com a nova maneira de trabalhar. Tenha certeza de que todos sabem o que se espera dele e por quais números/dados o sucesso da ação será medido.
  4. Entenda o seu cliente ? Se perguntarmos às empresas se elas dão prioridade ao cliente e se o escutam, a maioria responderá entusiasmada: ?É claro? ou talvez até lance uma ou outra expressão como ?empresa clientecêntrica?. Há pouco tempo, Valarie Zeithaml escreveu na Harvard Business Review que se você escutar o cliente, é isto que ficará na sua cabeça: cliente, cliente, cliente, ele, ele, ele lá e nós aqui, ou seja, cria-se uma barreira na comunicação. ?Agora, se você se colocar no lugar do cliente, descobrirá a verdade?, diz Valarie. Ainda existem muitas empresas fazendo o caminho tradicional, que é colocar um produto no mercado e rezar para que ele seja relevante a um bom número de pessoas. Depois, ouvem esses clientes para adaptar o que foi lançado. Entretanto, as melhores instituições deixam seu pessoal de pesquisa e desenvolvimento em um canto e vão para as ruas ver o que as pessoas fazem, depois voltam para a empresa e fazem aquilo que descobriram. Para isso, você precisa de tempo ? tempo para olhar o mundo à sua volta, examinar as tendências na sua frente, nos moradores da sua cidade (ou onde você imagina que seu público esteja) e colocá-las em prática. Lembre-se: sua marca não pertence a você e os clientes estão cada vez mais no controle.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima