A nova onda nos call centers

A nova onda nos call centers Se pretendemos embarcar nessa onda, sugerimos atenção especial ao que vamos relatar. Improvisar especialistas em treinamento tem sido uma atitude desastrosa para a maioria das empresas. Muitas vezes, pressionadas pela redução de custos operacionais, elas cometem o equívoco do desenvolvimento e entregam, nas mãos de supervisores despreparados, a árdua tarefa da capacitação profissional, que sempre foi um problema crucial da gestão de empresas e uma questão relevante nas ciências comportamentais.

Competências e resultados ? Esse papel generalizadamente reconhecido se deve à correlação entre competência e otimização de resultados, já observada desde 1880, quando a habilitação profissional foi potencializada pelo significativo crescimento do trabalho especializado.

Este artigo propõe reflexões sobre os perigos dessa improvisação. O ?instrutor? não pode ser apenas um técnico ou uma autoridade no assunto, precisa saber humanizaressas instruções técnicas e possuir qualidades de professor, conhecimentos de pedagogia, andragogia e completo domínio das técnicas de falar em público e da didática utilizada nos processos específicos para cada tipo de treinamento.

Além disso, é importante observar sua capacidade empática, ou seja, a capacidade de ser um bom psicólogo, de situar-se no centro da sala e conseguir a atenção e o respeito de todos, vivenciando situações sob o seu ponto de vista e colocando-se no lugar dos participantes a todo momento. Por isso, repito, não se pode improvisar um especialista em treinamento, sua preparação é tarefa demorada e cuidadosa, exigindo considerável parcela de vocação, entusiasmo, senso de oportunidade e honestidade.

Atualização e aprendizagem ? Nos call centers, por força da competitividade e da rápida evolução tecnológica, a eficiência dos negócios passou a depender mais da contínua atualização e aprendizagem do que da autoridade. Nessa condição, a formação profissional deu novo salto qualitativo ao se tornar uma alternativa para a autoridade gerencial na cadeia de eventos da eficácia. É, por isso, que os programas de formação e atualização se tornaram metas essenciais do sucesso nos negócios e um dos mais importantes diferenciais competitivos para as empresas prestadoras de serviços em telemarketing, call center ou contact center.

Em resumo, a capacitação profissional foi se diferenciando de um elemento técnico para um elemento estratégico na articulação dos negócios, como convém à condição ontológica do ser humano.

Caro leitor, diante de tudo que comentamos, reflita sobre que profissional devemos escolher para ?multiplicar? conhecimentos.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima