A raposa e as uvas

Certa raposa, fanfarrona, diziam que era normanda.
Quase morrendo de fome, viu no alto de uma parreira
As uvas aparentemente maduras,
E com uma casca vermelhinha

Ela faria de bom grado uma refeição;
Mas, como não poderia alcançá-las:
“Elas estão muito verdes”, disse ela, “e boas para os ignorantes”.
Fez ela algo além de se queixar?

Fábulas de La Fontaine

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima