A resposta é ousar mais

Saber ousar pode ser um diferencial competitivo para empresas de varejo. Saia do comum. Ouse. Não querendo enfocar os mesmos assuntos na discussão sobre melhoria do atendimento e vendas no varejo e acreditando que estava sem perspectivas de novidades para a sua realização, conversei com vários empresários, colaboradores e clientes, consultei outros parceiros de profissão, pesquisei nos sites especializados, revistas impressas, jornais e não encontrei nada de novo. Concluí que o problema não estava em mim e que isso era algo generalizado. Por isso, declaro mais uma vez que a ordem é esta mesmo: atender e depois vender, porque o seu sucesso depende exclusivamente de atitude, de ousadia. A maioria das empresas do varejo costuma ousar em marketing, vitrines mais vivas, produtos mais atraentes e até em algumas promoções, mas em relação ao atendimento e vendas essa não é uma atitude fácil de ser visualizada.

Procure perceber nos exemplos a seguir, extraídos das visitas realizadas para buscar novidade, onde e em quem está a falta de ousadia?

1. O cliente motivado a entrar na loja pelo produto que viu na vitrine pergunta ao primeiro profissional da loja que encontra: ?Aquela peça é de qual tecido?? Resposta: ?Olha moça, vou ver se a atendente deste setor pode lhe informar?.

2. Na entrega de um móvel o cliente pergunta ao montador: ?Será que posso usar algum tipo de lustra-móveis nesta madeira?? E ele responde: ?Não sei. A senhora tem de ligar para a loja e perguntar para as vendedoras?.

3. ?Moço, para que serve esta tecla do controle remoto (aparelho de DVD)?? Resposta: ?Não sei, senhora! Este produto é novo e não tive tempo de ler o manual?.

Quero enfatizar, principalmente, a falta de ousadia das empresas, que devem treinar mais seus profissionais, ?perder? o tempo justo para que seu vendedor conheça os produtos que irá vender ? tecnologia do conhecimento; acompanhar passo-a-passo cada venda efetivada; ousar em dizer que é melhor porque é melhor fazendo o cliente perceber por si só essa realidade. Tenho dúvidas de que você que está lendo este artigo possa indicar, rapidamente, como consumidor, quantas lojas considera perfeitas, que fazem tudo com ousadia e a coisa funciona. Você também teve dúvidas?

Por isso, acredito que a palavra do momento é ousar e não ?usar?, e aqueles que acham que não existe perfeição continuarão insatisfeitos, pois somente os que a desejam e se esforçam para alcançá-la é que serão os melhores e terão a preferência de seu público. Seja ousado!

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima