A rotina prazerosa do voluntariado

A rotina prazerosa do voluntariado Nome completo: Alexandre Donikian Gouveia
Formação: Graduação em Ciências Econômicas e Ciência Política
Profissão: Consultor
Missão: ?Retribuir aos outros um pouco de tudo o que tive a oportunidade de receber?

Há dez anos, Alexandre Donikian Gouveia, que mora em Curitiba (PR), é o consultor responsável pela implantação e ampliação de negócios de grandes grupos empresariais do estado. Através desse sistema de consultoria com o qual trabalha, ele pode se dedicar simultaneamente a projetos voluntários.

O trabalho de cunho social entrou na vida desse profissional a partir do momento em que passou a desenvolver palestras pelo Centro de Ação Voluntária (CAV) de Curitiba. Desde 1996, essa instituição tem a missão de ?promover o voluntariado transformador contribuindo para o bem comum e a construção de um mundo melhor?. Como palestrante do CAV, ele tem o objetivo de levar informações sobre a prática do voluntariado para pessoas e instituições.

Alexandre também é voluntário da Casa do Contador de Histórias, que visa levar mensagens positivas de forma lúdica para gente carente. Ele realiza essa ação no asilo São Vicente de Paulo, em Curitiba. Sua principal motivação para o trabalho voluntário é a energia positiva que recebe durante a realização desses projetos, pois a alegria e o entusiasmo das pessoas em receber suas mensagens são sempre contagiantes. Essa motivação, segundo Alexandre, vem de família. Ele herdou a disposição para ajudar dos pais, que sempre dedicaram tempo para aqueles que precisavam.

Alexandre leva muito a sério o voluntariado, pois acredita que o comprometimento com esse trabalho possui o mesmo peso que os compromissos profissionais. ?Tudo é agendado com a mesma preocupação. Dessa forma, o serviço voluntário vira uma rotina prazerosa e não conflitante com as atividades do dia-a-dia?, explica. A recompensa é ver que isso pode mudar a realidade das pessoas.

Para saber mais:

Visite o sites:
www.acaovoluntaria.org.br
www.casadocontadordehistorias.org.br

Colaboração: Fabricia Zamataro

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima