A vida como ela deveria ser

Não vivemos no céu. Todos têm problemas, defeitos e formas diferentes de ver a vida, no melhor estilo Torre de Babel. Não vivemos no céu. Todos têm problemas, defeitos e formas diferentes de ver a vida, no melhor estilo Torre de Babel. Para que a vida seja suportável em sociedade, foram inventadas regras de boas maneiras, cortesia e gentileza para que se não for possível aceitar alguma coisa no dia-a-dia, seja possível disfarçar com alguma regra de ?direção defensiva social?.

Algumas pessoas são felizes em serem sempre regidas por tais regras, e outras, não entendendo a associação entre burocracia, sinceridade e felicidade, preferem fazer ouvidos moucos para tudo isso. Outras ainda não estão nem aí mesmo. Quer dizer, Babel na cabeça.

Em todo caso, pessoas que tratam com pessoas todos os dias volta e meia escrevem manuais de conduta para que aqueles que não sabem mais o que fazer. A jornalista e escritora Danuza Leão é uma delas. Misturando temas como mães solteiras, dinheiro, héteros sensíveis, e-mail, etiqueta na academia, papai é gay, os politicamente corretos, ela acaba de lançar a versão superatualizada de Na Sala com Danuza.2 (Editora Arx), com muito bom humor e honestidade, recheada de conselhos difíceis de serem seguidos, pregando tolerância zero a tudo que atrasa a possibilidade de uma vida mais coerente e feliz. Veja uma pequena amostra:

· Nunca chegue em casa de ninguém sem avisar, a não ser que você tenha se sentido mal exatamente na porta da casa do seu amigo. Assim mesmo, interfone.

· Não tente passar na frente de quem está numa fila. De banco, cinema, casamento, missa, ponte aérea. Em alguns casos, você não só pode como deve dizer gentilmente: ?Acho que eu estava aqui antes de você?.

· Sonhos, só conte a seu analista ? ou ao bicheiro.

· Quando te perguntarem: ?Oi, tudo bem??, não engrene com um: ?Ah, minha filha, com uma gripe? e aí os detalhes. Sobretudo, não diga o nome dos remédios que está tomando.

· Não se lê correspondência de outra pessoa, nem se mexe na bolsa, não se olha a agenda ou a gaveta, não se escuta uma conversa. Isso é invasão de privacidade, o que é intolerável. Respeite o diário de sua filha, mesmo que ela tenha só cinco anos.

Frase: ?Ao dizer alguma coisa, cuide para que suas palavras não sejam piores que o seu silêncio? ? Anônimo

Para Saber Mais: Na Sala com Danuza.2 ? Nova versão superatualizada, de Danuza Leão (Editora Arx).

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima