A vida de Sparky

Para Sparky, o colégio era algo quase impossível. Foi reprovado em todas as matérias na sétima série. Foi reprovado em física no científico, com nota zero. Para Sparky, o colégio era algo quase impossível. Foi reprovado em todas as matérias na sétima série. Foi reprovado em física no científico, com nota zero. Não foi muito melhor nos esportes, embora tenha conseguido entrar para o time de golfe da escola. De cara perdeu o único jogo importante da temporada. Havia um jogo de consolação e esse ele também perdeu.

Durante toda a sua juventude, Sparky teve problemas de sociabilidade. Os outros alunos nem chegavam a não gostar dele, pois ninguém lhe dava importância suficiente para isso. Não se sabe ao certo como foi sua vida sentimental, mas Sparky nunca convidou uma garota para sair no científico. Tinha medo demais de ser rejeitado. Ou seja, era um perdedor. Ele, seus colegas…todo mundo sabia.

No entanto, uma coisa era importante para Sparky: desenhar. Ele tinha orgulho de seus desenhos. No último ano da escola, ele ofereceu alguns quadrinhos para os organizadores do livro de formatura, mas eles foram rejeitados. Apesar disso, Sparky estava tão convencido de seu talento que decidiu se tornar um artista profissional.

Certo dia, ele escreveu uma carta para os estúdios Walt Disney. Pediram-lhe que mandasse algumas amostras de seu trabalho, com a sugestão de que o tema fosse adequado para uma série de quadrinhos. Sparky passou muito tempo trabalhando neles e em todos os outros desenhos que enviou para avaliação. Finalmente, recebeu uma resposta dos estúdios Disney. Havia sido rejeitado mais uma vez. Outra derrota para o perdedor.

Sparky decidiu, então, escrever sua própria autobiografia em quadrinhos. Descreveu a si mesmo quando criança ? um garoto perdedor e que nunca conseguia se sobressair. O personagem de quadrinhos logo se tornaria famoso no mundo inteiro. Na verdade, o menino que tinha tão pouco sucesso no colégio e cujo trabalho fora rejeitado inúmeras vezes, era Charles Schulz, o criador da tira Peanuts, com o cachorro Snoopy e o pequeno personagem Charlie Brown, cuja pipa nunca voava e que nunca conseguiu chutar uma bola de futebol.

Depois de um exemplo desses, aprenda você também a lidar com os seus fracassos, para que um dia possa transformá-los em sucesso.

Frase: “As pessoas que vencem neste mundo são as que procuram as circunstâncias de que precisam e, quando não as encontram, as criam” ? Bernard Shaw

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima