Ajude seu vendedor a vender

Inove e ajude seu vendedor a vender Algumas empresas fazem de tudo para que sua equipe de vendas consiga bons resultados. Treinam, motivam, fazem campanhas de incentivo, enfim, seguem a cartilha completa da boa gestão da equipe. Mas, muitas vezes, esquecem de investir em seu próprio produto, não renovam, não evoluem, não fazem parcerias, dificultando muito a vida dos vendedores e o resultado das vendas.

Antigamente, isso era chamado de criatividade, agora começou a ser chamado de inovação, mas o fato é que a mudança, ou melhor, a evolução foi sempre bem-vinda nas empresas, mas sempre foi colocada, na maioria dos casos, em um segundo plano ou dependia de um arroubo de criatividade. Agora, ela está se tornando um processo e as empresas que estão focadas no futuro e nos clientes estão incentivando, de todas as formas possíveis, seus colaboradores e, até mesmo, clientes a sugerirem inovações em seus produtos ou serviços.

Isso mesmo, você já perguntou para seu cliente ou sua equipe no que seu produto ou serviço poderia ser inovado? Você pode se assustar com a quantidade de informações que receberá se abrir esse canal, estimulando, de verdade, todos a participarem. Crie o mês da criatividade e premie as melhores idéias.

Esses dias, fiz um treinamento para uma empresa que vende talheres, eles estavam se preparando para uma feira e para minha felicidade tinham nada mais, nada menos que 20 lançamentos para o evento. Durante o ano, fizeram parcerias com a Rede Globo e lançaram uma linha de faqueiros do Big Brother, outro da Ana Maria Braga, entre outras novidades. Além disso, apareceram com uma idéia, daquelas irritantemente óbvias. Lançaram um faqueiro que, se o talher fosse colocado sobre a mesa, não encostaria nela a parte que tocava a comida. Confesso que quando falaram isso, não consegui entender como seria possível. Mas quando me mostraram me deparei com a imagem acima. Eles fizeram talheres elegantes e com uma curvatura leve com um design diferenciado. Tudo muito bonito e eficiente.

A motivação da equipe é uma conseqüência óbvia de tudo isso. Todos estavam loucos para que a feira, de apenas quatro dias, começasse logo, não viam a hora de passar essas novidades para todos os clientes e nenhum gerente ou supervisor precisou pressionar para que isso acontecesse. Nesse caso, temos um grande exemplo de como a empresa pode ajudar os seus vendedores a venderem mais. Não sei quanto custou a parceria com a Rede Globo, mas sei que teve retorno e o investimento no design para fazer os talheres que não encostam na mesa também já rendeu ótimos resultados.

O que estou sugerindo é que as empresas continuem focando o trabalho na sua equipe de vendas, que sigam a cartilha da boa gestão, mas também olhem para seus produtos e serviços, que mantenham um constante aprimoramento e busquem parcerias. Esta é a combinação de sucesso: equipe capacitada e acelerada somada a produtos turbinados. Afinal, não adianta nada acelerar a equipe de vendas, se ela não conseguir fazer a curva por falta de aerodinâmica.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima