Aprenda, para dar o melhor de si

Tome atitude! Não fique parado, esperando que tudo dê certo, sem agir. Dê o melhor de si para conquistar seus objetivos. Diante de poucos empregos e da grande concorrência no mercado, é cada vez mais necessário dar o melhor de si, não só para se manter em seu emprego, mas, principalmente, para alçar novos vôos e destacar-se.

Então, que tal parar para pensar e analisar o que você pode fazer para dar o melhor de si ou o que pode fazer para ir além do que você já faz? Todas as habilidades e competências que você tem podem melhorar sempre, mas, para isso, você terá de avaliá-las periodicamente.

Primeiro, liste quais são as suas habilidades. A nossa valorização interna é diferente da valorização que os outros fazem de nós, portanto, compare como você se vê, da mesma maneira que as pessoas que te conhecem bem vêem você. Peça para elas listarem as suas habilidades também. Atente para o fato de que os profissionais mais eficientes são os que têm um bom autoconhecimento e, conseqüentemente, um equilíbrio entre a percepção que têm de si e as percepções que os outros fazem dele.

Em segundo lugar, procure centralizar suas ações e esforços nas principais habilidades que você encontrou em ambas as listas e que são fundamentais para o desenvolvimento do seu trabalho. Analise, para descobrir quais delas precisam passar por um processo de melhora e o que você pode fazer para que isso aconteça.

Você conseguirá assimilar os novos conhecimentos, decorrentes das suas ações, a respeito das suas habilidades, se torná-los realidade. A experiência faz parte da aprendizagem, portanto, anote as melhoras que você for obtendo, em cada uma das habilidades que você eleger para aprimorar.

O seu papel é de se auto-ajudar para ter outro ponto de vista diante das situações profissionais, questionando-se e encontrando as respostas dentro de você mesmo, para tomar as suas próprias decisões e planejar suas ações.

Dica

Assim como as empresas fazem seus planos de negócios para orientar as ações necessárias ao desenvolvimento, que tal você fazer o mesmo? Já pensou em fazer um ?plano de melhora? para orientar as ações necessárias à sua performance e carreira? Encare a sua carreira como um negócio, como o seu maior empreendimento.

Vale, aqui, colocar que você não pode deixar de fora do seu ?plano de melhora? as reações que você tem de forma espontânea e automática nas situações cotidianas e nas que não envolvem o seu trabalho.

Às vezes, estamos tão absortos na nossa rotina e deveres profissionais que deixamos isso fora do trabalho. Eu acredito que isso seja um erro; até porque, é a sua espontaneidade, originalidade que o fazem ter um diferencial competitivo no ambiente profissional. Alie sua espontaneidade às suas habilidades, dentro do seu ?plano de melhora?, para encontrar a sua excelência profissional e enfraquecer ou neutralizar as suas debilidades.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima