As causas mais importantes da motivação nas empresas

Motivação. Robert Levering, autor de Great Place to Work (Um excelente lugar para se trabalhar), fez uma pesquisa entre as cem melhores empresas americanas e constatou o seguinte sentimento entre os funcionários.

Robert Levering, autor de Great Place to Work (Um excelente lugar para se trabalhar), fez uma pesquisa entre as cem melhores empresas americanas e constatou o seguinte sentimento entre os funcionários:

“Eles gostavam de falar bastante sobre suas idéias, sobre o que produz um excelente lugar para se trabalhar. Num ponto foram unânimes: se as empresas são bons locais de trabalho NÃO é por causa de um tipo de política específica. Muito mais importante do que as políticas específicas é a Natureza dos Relacionamentos entre a empresa e os empregados.”

Ele observou também que um grupo de opiniões, ideologias, políticas e cultura organizacional era parecido com outros paradigmas, como:

“Aqui, todos são amigos”. Pode parecer banal, mas a amizade é uma das grandes características dos excelentes locais de trabalho. As pessoas gostam de ser importantes e confidentes com outros e para outras pessoas. Trabalhar em empresas e organizações públicas ou privadas é estar em equipe, grupo e time. É interagir o tempo todo com pares, superiores, clientes e subordinados. Logo, o que se pensa em locais de trabalho tem muito a ver com a qualidade dessas conexões interpessoais.

“Aqui não tem política”. Nos bons ambientes de trabalho os colaboradores não parecem preocupados em ter o tapete puxado nem com os tapinhas nas costas. A sabotagem está ligada ao favoritismo que alguns chefes, gerentes, diretores e colegas que, de forma inconsciente ou não, discriminam – seja idade, sexo, preferência sexual, nacionalidade, cor, religião, origem social etc. As pessoas gostam de sentir que não há manobras para obter, tirar ou negociar uma posição na empresa.

“Tratam você de maneira justa”. A maioria das pessoas possui um elevado senso de justiça. Vemos sempre por aí casos de preconceito, preferências, desigualdade e abuso, mesmo quando não reagimos contra. Logo, nada é dito de graça. Infelizmente, a maioria das gerências só disfarça fingidamente defender o tratamento justo, pois, na realidade, o que eles querem é privilégios.

“Mais que um emprego”. O trabalho é algo tão fundamental e central na vida das pessoas, dando-lhes significação para viver, que passamos até a adquirir uma espécie de identidade: “Alô, aqui é o Sílvio, da Empresa X”. A identidade profissional define até o nosso padrão de vida, status social, amizades etc. Como cantou Fagner “sem o seu trabalho o homem não tem honra, e sem a sua honra se morre, se mata… não dá para ser feliz!”

É muito triste ver pessoas que acham que trabalhar é um saco, é um fardo que se carrega; que não curtem seus colegas, sua mesa de trabalho; que não reconhecem os benefícios dados pela Empresa, que não participam das conversas das segundas-feiras pela manhã, em que se conta as atividades do final de semana. Para essas pessoas a vida é só dormir, comer e trabalhar. E elas existem, do mais alto ao mais baixo escalão. Falta nessas pessoas o reacender a chama da vontade e do querer.

“É como uma grande família”. Nesse aspecto, Levering diz:

“Na Delta Airlines, as pessoas não dizem que são meros empregados da Delta. Elas preferem dizer que fazem parte da família Delta. Você ouve a mesma expressão na Federal Express, Hallmark Cards, IBM, Quad/Graphics, Gore, Puplix Super Markets e Northwestern Mutual Life. De fato, os empregados descrevem com freqüência o sentimento de família que sentem, e que podem ser identificados em três:

1. Um ambiente acolhedor e protetor.

2. Um compromisso de longo prazo.

3. Estamos juntos nisso.”

E, para resumir sua pesquisa, Levering ainda acrescenta:

“Do ponto de vista de um empregado, um excelente local para trabalhar é aquele em que você confia na pessoa para quem trabalha, tem orgulho pelo que faz, e gosta das pessoas com quem está trabalhando.”

Silvio Broxado é psicólogo, pós-graduado em Gestão da Qualidade de Serviços, ministra palestras e workshops na área comportamental e motivacional. É autor do livro Bumba – Uma Explosão de Motivação na Empresa (produzido por Companhia Editora de Pernambuco). “Um bom chefe faz com que homens comuns façam coisas incomuns” – Peter Drucker

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima