As várias formas da criatividade

Idéias criativas não são somente as pioneiras invenções dos séculos. A vida subsiste com novas idéias que são diariamente imaginadas e produzidas. Apoiado na teoria do Prof. Dr. Heinz Hoffmann (da Universidade de Sarasota, na Flórida), o escritor Christoph Ewert (autor de O princípio da maratona ? editora Eko) dividiu o processo criativo em cinco grupos, para mostrar que criatividade pode ser demonstrada de várias formas, e que não se reduz somente à invenção da roda. Idéias criativas não são somente as pioneiras invenções dos séculos. A vida subsiste com novas idéias que são diariamente imaginadas e produzidas. Apoiado na teoria do Prof. Dr. Heinz Hoffmann (da Universidade de Sarasota, na Flórida), o escritor Christoph Ewert (autor de O princípio da maratona ? editora Eko) dividiu o processo criativo em cinco grupos, para mostrar que criatividade pode ser demonstrada de várias formas, e que não se reduz somente à invenção da roda. Os cinco grupos são os seguintes:

1 – Criatividade de Expressão

Este é o verdadeiro jogo criativo, onde o novo surge espontaneamente! Tomamos aqui, como exemplo, as ilustrações intuitivas que as crianças costumam fazer. No mundo dos negócios, a criatividade de expressão produz novas formas de Design, Propaganda, Embalagens e configuração de formatos que são necessários para o desenvolvimento dos fatores que determinam a concorrência.

2 – Criatividade Produtiva

Este é o caminho do entendimento para o fato de que soluções já existentes podem ser ainda aprimoradas. A criatividade produtiva é o esforço diário na busca de aperfeiçoamento e otimização de produtos, serviços e processo (sistemas). O relógio Swatch, por exemplo. Ele vem sendo aprimorado ao longo dos anos. A descoberta do “Waterproof” (relógio à prova d”água) é parte do processo criação-produção. A concepção deste produto é, novamente, uma idéia produtiva, ela reduziu o relógio a 10 peças, ao invés das 100, normalmente necessárias!

3 – Criatividade Inventiva

Inventivos ou engenhosos são os processos em que se obtêm a partir de duas idéias ou teorias diferentes, mas já conhecidas, uma nova terceira idéia. Estabelecem-se aí a “arte do parentesco” entre os inventos feitos pelo homem. Mais uma vez, tomemos o relógio como exemplo: a sua combinação com um motor nos traz a idéia relógio automático, e depois, nos leva ao descobrimento da direção automática.

O componente engenhoso da idéia Swatch era a combinação do mostrador de tempo como um acessório de moda, o que resultou num sucesso monstruoso mundialmente. Hoje, a idéia parece ser tão simples e banal que pensamos que qualquer um de nós poderia tê-Ia concebido.

4 – Criatividade Inovativa

Neste grupo, eu classifico as descobertas que ampliam a utilização de téçnologia já existente. São novas idéias, mas que se fundamentam em princípios já conhecidos. Só depois do conhecimento da utilização do sol para captação de energia, pudemos ter aparelhos movidos a energia solar. A exploração da idéia Swatch (Tempo=Moda) só foi estabelecida depois que o marketing no s havia convencido de que o Swatch significava moda. As pessoas compravam o relógio, não mais pela sua função de indicar o tempo e sim porque ele significa uma tendência, moda ou um estilo de vida.

5 – Criatividade Emergente

É a mais alta expressão de criatividade, em que algo novo surge através de experimentos feitos pelo criador. A melhor definição para este processo é a utilização da palavra emerger (do latim “emergere”), que significa “vir do nada”, emergir, aflorar. Classificamos, neste grupo, as idéias e descobertas geniais, como a “teoria da relatividade”, de Albert Einstein. Estariam também, neste grupo, descobertas como o “relógio mental?, no qual a leitura do tempo seria feita diretamente pelo pensamento, intuitivamente!

Neste nível de criatividade, não há limites ou definições, as idéias afloram… naturalmente! O que parece maluco ou inviável hoje, pode vir a ser completamente banal em alguns anos. O pensador-criador é, então, responsável pela sua viabilização e realização. É preciso dizer que muitos destes casos criativos podem trazer sucesso, mas não irão colocá-Io impreterivelmente como uma pedra em nossa história! A criatividade é um constante desafio e pode ser um fator decisivo na habilidade para o sucesso profissional e privado. Portanto, posição de partida para esta conquista! ?Criatividade é poder conectar o aparentemente desconexo?. ? William Plomer

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima