Átala Trepíchio Júnior

Persistência e talento reconhecidos Persistência e talento reconhecidos

Há 17 anos, a Associação Nacional dos Profissionais de Venda em Celulose, Papel e Derivados (Anave) premia os melhores vendedores do ano, que são escolhidos após minuciosa pesquisa, que leva em conta três características principais: humanas (comunicação e ética), eficiência e conhecimento técnico.

Um dos destaques da mais recente premiação, ocorrida em outubro do ano passado, foi o diretor comercial Átala Trepíchio Júnior. Ele foi eleito o melhor vendedor na categoria ?transformador papelão ondulado?, pela Indústria de Papel e Papelão São Roberto, de São Paulo.

Meta

Para Átala, meta é algo possível de ser alcançado. ?É estabelecida por um histórico e organizada segundo a potencialidade de cada segmento analisado. O cumprimento se baseia no comportamento do mercado no dia-a-dia. As correções de rumo são feitas periodicamente.?

Resultados

Já resultado é o produto do trabalho realizado. ?Cada resultado gera um tipo de comemoração. O elo entre essas comemorações é a alegria de ter cumprido o desejado.?

Alegria, bem-estar e sensação de visibilidade são sentimentos presentes em Átala desde que recebeu o prêmio da Anave. Quando perguntado sobre o motivo que o levou ao topo do pódio, ele é taxativo: ?A imagem da empresa no mercado, que se reafirma positivamente. E, claro, minha contribuição para que isso acontecesse.? Ele ainda destaca que o prêmio físico é irrelevante, pois o que vale mesmo é reconhecimento.

Inspiração

Para atingir seus objetivos e equilibrar a rotina pesada de trabalho, Átala busca inspiração nos valores que adquiriu ao longo da vida. Mas, principalmente, tem como filosofia de vida uma frase que sempre o acompanha. ?Nunca desistir!?

LEGENDA DAS FOTOS

· FOTO 01: Na foto, Átala no porto de Buenos Aires, em viagem realizada em 2003.

· FOTO 02: Na foto, Átala em frente à igreja matriz de Lagoinha, SP, fazendo turismo pelas cidades do Vale do Paraíba, em 2004.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima