Atendimento personalizado: a diferença na vida de um corretor de imóveis

Atendimento personalizado: a diferença na vida de um corretor de imóveis Apenas 24 anos e uma carreira que, para todos os amigos e conhecidos, era um sucesso. No entanto, para ele ainda era pouco. Seu coração clamava por mais. Havia ambição, vontade de crescer, de provar a todos e a si que podia ser melhor. Ele queria ser um campeão.

Em 1989, Carlos Henrique de Almeida era gerente de banco e tinha uma carreira bem-sucedida. Entretanto, sua paixão por vendas fez com que ele abandonasse tudo para se aventurar no mercado imobiliário. Como ele trabalhava em um banco, tinha experiência com venda de seguros, planos de capitalização e sempre batia as metas, então, percebeu que poderia fazer mais e que o seu trabalho atual era muito limitado para todo o seu potencial.

Com a ajuda de seu irmão, que já atuava na área, montou um escritório, arregaçou as mangas e foi atrás de seu sonho: vender e fazer o seu próprio salário: ?Em vendas, o céu é o limite para alcançar resultados financeiros?.

Quando começou a vender imóveis na Royal Empreendimentos Imobiliários, Henrique percebeu que para ser bem-sucedido precisaria de um diferencial. E foi atrás: ?O meu segredo é o atendimento personalizado, eu me torno amigo de meus clientes?. Ele criou uma estrutura de atendimento, tanto por telefone quanto por e-mail, em que fica disponível 24 horas para seus clientes, faz o levantamento de necessidades e um contato a cada 15 dias, sempre com uma abordagem diferente. Isso encanta o cliente, que percebe a preocupação do vendedor em encontrar exatamente o que ele está procurando.

Henrique foi campeão de vendas em diversos anos, tendo sua maior venda ultrapassado em 100% o segundo colocado. Isso o fez conquistar a liderança de uma equipe de corretores, tornando-o um excelente professor, pois sua equipe sempre é a campeã em vendas.

Os ingredientes para todo esse sucesso? Para ele, é um só: paixão. ?É preciso ser apaixonado pelo que faz. Ter muita dedicação ao trabalho e organização. Caso contrário, o sucesso será como ganhar na loteria?, completa o supervendedor.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima