Boas maneiras

Aprenda como se comportar quando comer na empresa

Ninguém gosta de chegar a um lugar e encontrar um cheiro desagradável de comida, resíduos de alimentos no chão e mesas sujas. Principalmente quando esse lugar é o próprio ambiente de trabalho, correto?

 

Ouvimos muito sobre as regras de etiqueta, como se comportar à mesa, ter êxito em reuniões da empresa, saber se vestir e várias outras dicas para ser um bom profissional. Agora, você já pensou em como se comportar quando está comendo na empresa? Independentemente dos motivos que tenha para comer no ambiente de trabalho, sempre vale algumas dicas para você evitar qualquer “mico” perante o chefe e colegas.

 

Por isso, nós pesquisamos os erros mais comuns e os trouxemos para você saber quais são e, é claro, como evitá-los. 

 

Micos? – Uma gafe muito cometida por profissionais que comem na empresa é a falta de preocupação com o cheiro da comida. Vanessa Cordeiro, recém-contratada em uma empresa de comunicação, já na primeira semana passou por uma situação nada agradável. “Eu levo marmita para a empresa, e o refeitório fica ao lado das salas de trabalho. Certo dia, tinha levado risoto de camarão para o almoço, esquentei a comida no micro-ondas e, simplesmente, o cheiro do camarão se alastrou por todos os lados. É claro que isso virou assunto para o dia inteiro: ‘Nossa, que cheiro de peixe, credo’”, conta Vanessa.

 

Esse cenário é normal para você? Conhece alguém ou você mesmo já passou por alguma situação como essa? Confira a lista de erros comuns que a consultora de etiqueta empresarial Maria Aparecida Araújo revelou:

 

  • Comer sanduíche com molho, provocando qualquer tipo de sujeira ou um cheiro forte.
  • Não recolher os resíduos que ficam na mesa onde se come.
  • Falar de boca cheia ou muito alto.
  • Comer frutas que deixam um odor forte, como tangerina.
  • Fazer vitaminas com mamão ou banana – frutas que depois de um tempo exalam um cheiro ruim.
  • Descuidar-se e derramar bebidas ou comida no teclado do computador ou em documentos importantes.
  • Comer batatas fritas e, depois, pegar em papéis importantes com as mãos sujas.
  • Não lavar as mãos nem fazer higiene bucal.

 

Você se encontrou em algum erro acima? Não? Parabéns pelo exemplo, mas, se algum deles faz parte do seu dia a dia, então aproveite para eliminá-lo agora ou então se prepare para garantir um apelido comum a pessoas que não tomam os devidos cuidados:

 

  • Preguiçoso –  Não prepara o local antes de começar a comer.
  • Desleixado – Não tem talheres e pratos em bom estado de conservação.
  • Desorganizado – Não limpa os resíduos e utensílios utilizados.
  • Espertinho –  Pega alimentos dos outros na geladeira do setor.
  • Desasseado – Não se preocupa com a adequada conservação dos alimentos que vai ingerir.
  • Maestro – Quando interpelado por alguém, responde gesticulando com os talheres.

 

O que o líder acha disso – Por mais que esses apelidos sejam até certo ponto engraçados, não deixe que eles estraguem a sua imagem profissional.

 

A gerente comercial Thaizi Morani conta que deve existir uma preocupação por parte dos colaboradores em comer e deixar tudo limpo e organizado. “É verdade que a empresa deve ser um local onde as pessoas possam se sentir em casa, mas também é verdade que é de casa que se traz a educação! Bom-senso e entendimento de que o direito individual termina onde começa o do outro são regras importantes que não podem ser ensinadas na empresa, isso deve fazer parte da formação e do caráter do indivíduo”, afirma.

 

Ela também diz que bom-senso é a palavra de ordem para evitar que isso aconteça com você, e aconselha que, ao utilizar um local de uso comum, você deve ter o cuidado de manter o ambiente limpo para que ele esteja em bom estado quando outro colaborador for usá-lo. Você deve também lavar tudo o que utilizar, não deixando potes sujos nas pias, que devem estar secas e com a louça lavada. “Infelizmente, a maioria não segue essas regras de convivência. Muitas vezes, tive de solucionar conflitos entre os colaboradores de limpeza e os demais em vista disso”, lembra.

 

Evitando conflitos – E, para que não haja desconforto na hora de comer na empresa, a professora de cerimonial, protocolo e etiqueta do Centro Europeu Sonia Dinkhuysen deixa algumas dicas. Acompanhe quais são e sempre se lembre de que erros como esses podem prejudicar sua imagem profissional, o.k.?

 

  • Preste atenção à postura – mesmo que esteja comendo na empresa, é sempre bom ter cuidado com os cotovelos e braços sobre a mesa.
  • Respeite o espaço dos outros colaboradores também. Evite usar o celular quando estiver comendo e deixe-o, de preferência, no modo silencioso ou no vibracall.
  • As mulheres que têm cabelos longos devem prendê-los para evitar que, porventura, eles caiam ou encostem na comida.
  • Durante a refeição, adote o comportamento do “saber conversar”, ter calma e, primeiramente, saber ouvir sem interromper, além de nunca conversar com comida na boca.
  • É educado da sua parte oferecer lugar a sua mesa, mas sempre respeitando o espaço alheio.
  • Depois da refeição, limpe o que sujou e deixe tudo organizado.
  • Quanto à higiene após a refeição, lembre-se de que esse momento é muito íntimo. Faça a escovação dos dentes e/ou retoque da maquiagem no toalete.
  • O bom comportamento reza a polidez e a consciência de deixar com que outras pessoas façam uso dos mesmos serviços do “refeitório” com eficiência e rapidez, portanto não prolongue demais a conversa após a refeição.

 

Pronto! Agora você já sabe como se comportar quando comer na empresa. E não deixe essa regra de etiqueta apenas aqui, pratique-a e se diferencie dos demais quando precisar fazer qualquer refeição na empresa em que trabalha.

 

Visite os sites: www.etiquetaempresarial.com.br e www.centroeuropeu.com.br.

 

Para saber mais:

Livro: Etiqueta empresarial: ser educado é…

Autora: Maria Aparecida Araújo

Editora: Qualitymark

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima