Carreira – Neutralizando situações preocupantes

Nosso cotidiano é organizarmos nossa vida e trabalho de maneira a minimizar surpresas e problemas. Nosso cotidiano é organizarmos nossa vida e trabalho de maneira a minimizar surpresas e problemas. Entretanto, isso nem sempre é possível. Se você está enfrentando uma situação preocupante, aqui vão quatro passos que chamo de caçadores de ansiedade:

– Clareza é tudo ?

Defina, claramente no papel, a situação que o aflige. Metade dos nossos problemas podem ser solucionados apenas definindo-os objetivamente. Lembre-se de que um diagnóstico preciso é metade da cura.

– Determine o pior ?

Determine o pior que pode acontecer como resultado da situação. Seja o mais pessimista que puder.

– Esteja disposto a passar por isso ?

Resolva aceitar que o pior pode acontecer. O primeiro passo para lidar com qualquer situação negativa é estar disposto a enfrentá-la. Uma vez que você aceite o pior, sua mente torna-se calma e clara para que você tome algumas medidas construtivas.

– Entre em ação ?

O passo final é começar, imediatamente, a fazer tudo o que for possível para reverter o pior.

O melhor antídoto para a preocupação

Lembre-se de que a ansiedade é apenas uma forma de medo causada pela indecisão. O único antídoto para ela é a ação com resolução. Ocupe-se fazendo algo a respeito de sua situação e não terá tempo para preocupar-se. Quando começar a agir, sua autoconfiança, coragem e senso de controle expulsarão seus medos.

Brian Tracy é autor e palestrante motivacional.

Visite o site: www.briantracy.com

Dica do mês

Aproveite as críticas

Quando seu chefe, colega ou funcionário o criticar, a maneira como reagir determina quanta informação de valor você conseguirá. Siga estas dicas:

1. Tome nota ?

É uma maneira não-verbal de dizer: ?Eu me importo com o que está dizendo e quero reter isso?. Melhor ainda, faça a conversa ir mais devagar, para que a pessoa não tenha de falar tudo muito rápido ou sinta-se nervosa.

2. Peça por mais ?

Quando o crítico parecer concluir seus pensamentos, diga: ?Por favor, continue? ou ?Obrigado por me dizer isso? e fique quieto. Isso é um convite para que o outro fale mais e forneça outras informações sobre sua performance.

3. Reforce a mensagem ?

Se você concorda com que o outro falou, diga. Adicione um exemplo ou dê evidências que reforcem a crítica. Isso dará a ele segurança para que procure você em uma próxima situação.

Fonte: Communication Briefings

Comunicação

Busque a clareza e a simplicidade na comunicação escrita

Para escrever bem no mundo dos negócios, valem as mesmas regras e dicas de como falar e portar-se bem em público

Por Adriane Werner

Há tempos estamos comentando o quanto é importante para o vendedor desenvolver a habilidade de comunicar-se bem, persuadir o cliente sem tornar-se inconveniente e portar-se bem em público. Mas e quando o vendedor precisa comunicar-se por escrito? Quais são as habilidades necessárias? Como levar as informações fundamentais sem provocar mal-entendidos ou distorções? Escrever bem é uma necessidade para profissionais das mais diversas áreas, inclusive para o vendedor.

Em tempos de novas tecnologias, pressão por resultados, rapidez no atendimento e nas respostas ao cliente, boa parte da comunicação se faz por escrito, necessariamente. Portanto, mãos à obra! É fundamental escrever bem.

A primeira dica para escrever bem é tentar sempre ser claro e a objetivo, o que não é difícil se tomarmos o caminho da simplicidade. Não é necessário escolher palavras sofisticadas, estruturas gramaticais complexas ou expressões que eram comuns na chamada redação empresarial de antigamente. Isso significa que não precisamos ? e nem devemos ? começar uma mensagem com ?Venho por meio desta?. Pelo contrário, o ideal é ir direto ao assunto, sem rodeios nem floreios.

A utilização correta das normas da língua portuguesa também é desejável. Erros de concordância estão entre os mais comuns, mas normalmente a releitura do texto pode evitá-los. Devemos atentar para detalhes, como perceber se começamos a frase no singular e terminamos no plural, se começamos no feminino e terminamos no masculino ou se mudamos de sujeito no meio do período. Reler em voz alta ou para algum colega é um bom exercício para encontrar e corrigir possíveis erros.

Por fim, não podemos deixar de lado algumas pequenas observações a respeito da comunicação por e-mails, torpedos de telefones celulares e outras formas de mensagens instantâneas. A nova linguagem, própria dessas mensagens, já se instalou, e seria utópico afirmar que devemos seguir regras rígidas da língua portuguesa nesses rápidos contatos. Encurtar palavras e utilizar símbolos ou mensagens cifradas não é proibido. Mas é necessário tomar cuidado para não parecer muito adolescente ou mesmo para não confundir o receptor, que pode não estar habituado com ?:-&?, ?vc?, ?hj? e outras expressões comuns na era digital. Um abraço e até a próxima!

Adriane Werner é jornalista, âncora de TV e ministra cursos de oratória, media training e etiqueta profissional.

E-mail: [email protected]

Comunicação na empresa

Todo mês uma história real de comunicação com final feliz

A Coca-Cola Brasil precisava lançar em grande estilo um novo portal na sua intranet, o All About Me Brasil, e criar uma dinâmica de fidelização dos seus associados a esse novo serviço, que seria implantado nos escritórios da companhia pelo mundo.

A campanha de comunicação do All About Me Brasil, feita pela agência de comunicação Casa do Cliente, foi inspirada e protagonizada pelos próprios associados. Os cinco links ? vida, saúde, carreira, finanças e local de trabalho ? ganharam personagens criados pela agência e desenvolvidos em biscuit e alumínio, pelo artista plástico Saulo Freitas. As peças foram fotografadas e viraram teasers, cartazes, gigantografias, adesivos folheto e, ainda, a coleção All About Me (estratégia inspirada em um comportamento típico do público interno, colecionar brindes da companhia em suas baias de trabalho), que o associado poderia ganhar, ao responder corretamente perguntas sobre o portal, enviadas por e-mail em forma de gifs animados.

A repercussão da campanha pôde ser notada já no pré-lançamento e confirmada no evento de lançamento, quando a freqüência ao auditório da empresa ficou acima da média. A utilização de fotos dos cinco associados nos personagens ajudou a ampliar a identificação do público-alvo com o serviço e o recall da campanha. Uma estratégia que também foi responsável por aumentar a curiosidade geral na fase teaser, uma vez que os associados convidados a fazer fotos não foram informados sobre o objetivo da ação, tornando-se multiplicadores de uma expectativa.

O lançamento teve repercussão internacional na empresa, tornando-se um case de destaque no lançamento do serviço pelo mundo.

Visite os sites: www.cocacolabrasil.com.br e www.casadocliente.com.br

Que tal você também contar o que está fazendo em sua empresa para melhorar a comunicação interna? Estamos esperando sua história. Basta escrever para o e-mail: [email protected], que entraremos em contato para fazer uma entrevista.

Livros

Ansiedade de Informação 2: Um Guia para Quem Comunica e Dá Instruções

Richard Wurman

Neste livro, o autor trabalha para que a informação seja compreensível e útil para as pessoas, abordando os desafios de um novo patamar da tecnologia. Pois, afinal, foi-se o tempo em que precisávamos acessar a informação. Agora, ela se intromete na nossa vida sem ser chamada.

Editora: Cultura

Preço: R$ 58,90*

Como Vender por Telefone

César Frazão

Com uma linguagem acessível e bastante prática, o autor apresenta técnicas que otimizam seu desempenho e o de todos os funcionários que compõem sua equipe de vendas. Você encontrará dicas práticas para transmitir confiança, aumentar suas vendas e alcançar o tão desejado sucesso profissional.

Editora: Harbra

Preço: R$ 27,50*

E-commerce nas Empresas Brasileiras

Eduardo Vasconcellos

Negócios eletrônicos têm se mostrado uma ferramenta essencial para alavancar a competitividade. Entretanto, se não houver uma integração apropriada entre tecnologias de informação e mecanismos gerenciais eficazes, o risco de fracasso passa a ser grande.

Editora: Atlas

Preço: R$ 38,00*

Onde encontrar: www.livrariascuritiba.com.br

*Preços e disponibilidade pesquisados em fevereiro/2006

Humor

Interpretação literal

Um executivo resolveu levar sua filhinha ao seu escritório para passar com ele um dia de trabalho. A garotinha estava bastante interessada em ir, porque tinha ouvido seu pai falar sobre seus colegas muitas vezes.

Entretanto, depois de chegarem e o pai apresentar a filha aos funcionários, ela não pareceu mais interessada ou impressionada com nada. Nem mesmo jogar no computador, escrever no quadro ou ir almoçar com todo o pessoal pareceu fazer efeito sobre ela.

No caminho para casa, o pai perguntou à menina porque ela estava tão desapontada. Ela respondeu: ?Não vi nenhum dos palhaços que o senhor disse que trabalhavam no seu escritório?.

Fonte: The Manager?s Intelligence Report

Pensamentos

?Trate as pessoas da forma como elas devem ser e ajude-as a se tornarem o que elas são capazes de ser? Goethe

?A gente não se liberta de um hábito atirando-o pela janela: é preciso fazê-lo descer a escada, degrau por degrau? Mark Twain

?É melhor calar-se e deixar que as pessoas pensem que você é um idiota do que falar e acabar com a dúvida? Abraham Lincoln

?Viva à partir da sua imaginação, não da sua história? Stephen Covey

?Quando estiveres entre os lobos, uiva como eles? George Gudjeff

?Quando fazes rir as pessoas, desperta-lhes a atenção, podendo depois falar-lhes de quase tudo o que quiser? Herb Gardner

Histórias

Liderança enigmática

Eugene Ormandy, maestro da Orquestra Filarmônica da Filadélfia de 1939 a 1980, tinha um estilo de liderança único. Aqui está uma seleção das instruções dele à sua orquestra ? as quais você pode estudar, mas não necessariamente imitar:

· ?Nunca digo o que realmente quero dizer, mas gerencio dizendo algo similar.?

· ?Deixe-me explicar o que eu quero aqui ? não quero confundi-los mais do que o necessário.?

· ?Isso está perfeito! Exatamente o contrário do que disse ontem.?

Fonte: J. Carreras Web site

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima