Celebre o que virá

Sinta o crescimento e o sucesso dentro de você

Existem pessoas que não se permitem o direito de celebrar o que ganharam, de comemorar o feito alcançado, a meta batida, o cliente conquistado, a venda realizada, etc. E há muitos motivos para que isso ocorra: um deles é acharem que comemorando o que passou estarão se acomodando, e não perseguirão com afinco e garra o que ainda está por vir. Os indivíduos têm medo de cair na vala das pessoas que têm um “passado promissor”, que vivem da fama conquistada antes, não do potencial que têm de vencer depois. Tolice!

Pequenas vitórias são o combustível do sucesso

É perfeitamente possível você desenvolver contentamento pelo que já passou e, ao mesmo tempo, profunda insatisfação por ainda não ter conquistado o que virá. Apesar de contentamento e satisfação serem palavras sinônimas, você pode dar significados diferentes para elas. Na vida, pode se contentar com o que conseguiu, mas não se satisfazer. Quebre essa cadeia, busque mais. A fé no amanhã começa com o reconhecimento da vitória hoje, conquistada a partir da caminhada certeira e obstinada feita ontem.

Em síntese, o que quero defender é que para vencer amanhã, é fundamental que você celebre hoje o que conquistou ontem. Gonzaguinha, em uma de suas célebres peças, diz: “Ontem um menino que brincava me falou que hoje é semente do amanhã…”. E continua: “Fé na vida, fé no homem, fé no que virá! Nós podemos tudo, nós podemos mais. Vamos lá fazer o que será!”.

Se você quiser continuar avançando forte em direção ao crescimento, sucesso e vitória, é fundamental que desenvolva autoestima e autoconfiança, ou seja, aquele sentimento ou certeza de que você é capaz de vencer o imprevisível, o imponderável. Pois saiba que essa condição de autoconfiança nasce a partir da constatação de que você é capaz e hábil, sempre que alcança pequenas e sucessivas vitórias ou êxitos.

Essas pequenas vitórias ou êxitos são o combustível para alimentar seus sonhos e planos maiores e lhe impulsionam a acreditar que pode mais. Penso que Gonzaguinha exagerou um pouco em dizer que “podemos tudo”, mas concordo plenamente quando ele diz: “Nós podemos mais”. Mas veja que um ingrediente indispensável para fazermos o que será, o que ainda não existe, é a fé na vida, no homem, no que virá. Ora, fé é certeza do que se espera, é convicção do que não se vê. Complicado? Nada disso!

Comemore suas conquistas

Alimentamos a fé, a certeza, quando celebramos o que já é matéria, o que já é fato, o que já é vitória consumada. Ver e celebrar o sucesso materializado, ou seja, senti-lo, experimentá-lo, não só pensar sobre ele, ajuda-nos a construir, em nossa mente, projeções de um futuro melhor, conquistas maiores e passos mais largos.

É aquele simples, mas poderoso pensamento de que “se já cheguei até aqui, posso ir um pouco mais longe (ou muito mais longe para os mais otimistas)”. Então, a mensagem é simples: “Comemore, celebre”. E, se sua empresa não fizer isso em sua homenagem, não incorra no erro de deixar de fazer isso a si mesmo nem deixar de celebrar os outros. Aplauda-se, jante fora, ore em agradecimento, compre um CD, tire um fim de semana de folga com a família, mande concertar o carro, faça uma escova ou um bronzeamento artificial, compre uma medalha, redija uma carta, imprima um diploma ou sei lá o que. É imprescindível que você materialize a vitória, que sinta o prazer de fazer benfeito e conquistar terreno.

É imprescindível que você sinta o crescimento e o sucesso dentro de você, que interiorize o gostinho de poder porque comemorando o que já passou, inconscientemente, estará celebrando o que virá. E é lá que você vai viver.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima