Cinco dicas para a mulher conciliar filhos, carreira e amor

Considerando que o tempo é inelástico, se faz imperativo encaixar atividades que contribuam para aumentar a sensação de ?missão cumprida? Na vanguarda dos acontecimentos, poucas coisas continuam iguais ao que eram antes. Ainda que alguns ícones femininos discordem, as grandes realizações da mulher continuam sendo construir uma família, ser mãe, ter um relacionamento estável e prazeroso com o parceiro e ser bem-sucedida profissionalmente. Obter equilíbrio e sucesso nessas diferentes áreas é o maior desafio da mulher hoje em dia.

Diante do dilema feminino que se arrasta há algumas décadas, tentando conciliar vida profissional e vida familiar, um ponto comum entre as queixas da maioria das mulheres: elas se sentem culpadas por não terem tempo suficiente para se dedicar ao convívio com os filhos, ao estreitamento da relação com o parceiro, aos cuidados pessoais, com a casa e o trabalho. Sentem que falham.

Na linha de prioridades, a relação com a prole é a mais crítica de todas. Considerando que o tempo é inelástico, se faz imperativo buscar o ponto ótimo onde se possa encaixar atividades que contribuam para aumentar a sensação de ?missão cumprida? e aumentar qualidade de vida.

No trabalho, diante de um de um processo que queremos otimizar, definimos muito bem o problema, conhecemos a voz do cliente, identificamos as causas, isolamos os efeitos e, então, priorizamos as melhorias. Não em todos os itens identificados, mas nos pontos vitais, de maior impacto. Implementamos e controlamos as modificações para que as melhorias não se percam com o tempo. O mesmo conceito pode ser aplicado na vida pessoal.

1) Ouça seus filhos, identificando o que é importante para eles. A partir daí, incorpore algumas atividades em seu dia-a-dia. Alguns exemplos simples, citados por crianças:

    · Buscar ou levar na escola ocasionalmente (o elemento surpresa é ainda melhor, quando aquela reunião importante é cancelada de última hora)
    · Irem juntos ao cinema em dia de estréia daquele filme tão esperado
    · Reservar aquele momento antes de dormir para ler uma história, fazendo caras e bocas e caprichando na entonação
    · Almoçarem juntos em um dia de trabalho
    · Levar ao seu local de trabalho, para conhecer o que você faz
    · Assistir aula de natação ou jogo de futebol
    · Conhecer os personagens e desenhos que a criança gosta
    · Conhecer as músicas e cantores do momento
    · Ouvir músicas juntos
    · Telefonar para dizer algo bom (que não sejam as cobranças do tipo ?Você já escovou o dente??)
    · Deixar bilhetes pela casa
    · Fazer caça ao tesouro, colocando pistas para serem descobertas
    · Vale fazer sua própria lista

2) Identifique e depois tire do foco aspectos que preocupam e estressam, mas que estão completamente fora do seu controle. Exemplo: se preocupar se o filho vai ser feliz quando crescer, se vai ficar doente no inverno, se vai fumar quando chegar à adolescência, se vai saber lidar com frustrações ou decidir em uma situação difícil etc.

3) Coloque seu foco e energia nos itens que você pode influenciar (causas):
· Selecionar escola de nível adequado e compatível com os valores da família

    · Controle da vacinação
    · Acompanhamento médico preventivo
    · Transmitir valores familiares, sociais, de cidadania, de ecologia e de solidariedade
    · Investir na qualidade do relacionamento
    · Trocar idéias

4) Utilize o computador e a Internet para ganhar tempo:

    · Supermercado do mês: as compras regulares como leite, alimentos básicos, material de limpeza e higiene pessoal podem ser feitas pela Internet. Vá ao supermercado com as crianças para comprar lanches, frios e frutas, ou seja, pouca coisa
    · Digite uma lista de atividades semanais para a empregada
    · Organize a sua agenda e a das crianças incluindo todas as atividades escolares e de esporte
    · Procure saber se a professora ou seu médico utiliza e-mail e use esse canal
    · Planeje seus passeios e compre ingressos antecipadamente pela Internet

5) Não leve trabalho para casa

    · Mude o chip em casa e assuma outros papéis. Deixe de ser a líder de projeto ou a controladora de metas! Relaxe e aproveite os momentos com quem você ama.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima