Como controlar a impulsividade?

Especialistas sugerem dicas para controlar a impulsividade

“Costumo reagir impulsivamente no trabalho, mas sei que preciso evitar isso. O que posso fazer para ficar calmo e controlar minha impulsividade?” (Leitor optou por não se identificar)

 

Sérgio Gomes é consultor de desenvolvimento pessoal e profissional e sócio da Crescimentum.

 

Um dos comportamentos mais exigidos dentro das organizações é a inteligência emocional. Devido a essa necessidade, surgiu um conceito novo que está em alta no mundo corporativo: o Coeficiente Emocional (QE), que é a capacidade de uma pessoa ser emocionalmente equilibrada em situações de dificuldade, por exemplo: durante uma conversa com um colega, quando não concorda com o ponto de vista dele, o que você faz: grita ou argumenta? Caso grite, isso provavelmente demonstrará que seu QE necessita ser melhorado, o que não é visto com bons olhos pelas empresas. Atualmente, o profissional que possui QE alto tem grandes possibilidades de crescimento na carreira. Então, controle-se mais e apresente um Coeficiente Emocional elevado. Veja, a seguir, algumas dicas para trabalhar seu QE:

 

  • Medite.
  • Melhore sua capacidade de ouvir.
  • Pratique algum esporte.
  • Tenha hobbies.
  • Durma bem.
  • Alimente-se saudavelmente.
  • Pense antes de reagir (esse tópico é muito importante).

 

Visite o site: www.crescimentum.com.br

 

Daniela Zanuncini é consultora empresarial, coach, psicóloga e diretora da Bem-estar Desenvolvimento Humano.

Normalmente, as pessoas se irritam no trabalho por esperarem que os outros indivíduos façam o que elas fazem ou imaginam. Por isso, ao entender as diferenças e “diagnosticá-las”, fica mais fácil gerenciar e compreender. Procure estudar o comportamento humano, entenda mais sobre gestão de pessoas, estratégias e, o mais importante, conheça a si mesmo. Profissionais que conhecem a si mesmos sabem exatamente qual é o seu perfil, suas qualidades boas e más, possuem respostas em situações de estresse, têm comportamentos mecânicos (inconscientes) e, sem dúvida, exercem mais controle sobre as reações. O ideal nas empresas é superarmos nossas reações e sermos responsáveis, buscando a solução rapidamente. Os colaboradores que se antecipam aos problemas previnem-se com ações precisas, na hora e do jeito certo, para que eles nunca mais ocorram. Mas se mesmo assim ficar difícil, vale a pena procurar um coach (treinador) a fim de desenvolver habilidades na área de gestão de pessoas ou, até mesmo, fazer uma análise de perfil (testes), que pode resolver o problema.     

Visite o site: www.bemestarhumano.com.br

Envie suas dúvidas para o e-mail: [email protected]

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima