Como gerenciar seu chefe

Ainda estou para conhecer um gerente, seja nas empresas privadas seja no setor público, ou qualquer outra instituição que não dissesse: ?Não tenho problemas para gerenciar meus subordinados. Ainda estou para conhecer um gerente, seja nas empresas privadas seja no setor público, ou qualquer outra instituição que não dissesse: ?Não tenho problemas para gerenciar meus subordinados. Mas, como faço para gerenciar meu chefe?? O segredo é que os executivos eficazes tornam as forças do chefe produtivas.

Além da prudência, tornar a força do chefe produtiva é fundamental par a eficácia do próprio subordinado. Permita-lhe pôr em evidência sua própria contribuição de tal modo que encontre receptividade entre os superiores e seja bem empregado. Permita-lhe atingir e realizar coisas que ele mesmo acredita.

Não se consegue que o chefe aproveite produtivamente seus pontos fortes, adulando-o .Isso é conseguido começando pelo que é certo e expondo-o de uma forma acessível ao superior.

O trabalhador do conhecimento eficaz aceita que o chefe seja humano (algo que os jovens subordinados inteligentes muitas vezes acham difícil). Uma vez que o chefe é humano, ele tem suas forças; mas também suas limitações. Explorar seus pontos fortes, ou seja, permitir que faça o que é capaz de fazer o tornará eficaz ? e tornará o subordinado eficaz também. Tentar construir sobre suas fraquezas será tão frustrante e tolo quanto tentar construir sobre as fraquezas do subordinado.

É preciso entender que alguns chefes precisam de o resumo dos dados em uma página. Outros precisam acompanhar os processos mentais da pessoa que dá recomendações e, portanto, exigem um relatório antes de qualquer coisa para passar a ter sentido para elas. Alguns superiores querem ler sessenta páginas de dados sobre tudo. Outros não querem nem mesmo ouvir sobre o problema até que esteja ?amadurecido?, e assim por diante. A adaptação necessária para se identificar as forças do chefe e tentar torná-las produtivas sempre afeta ?como? em vez de ?o quê?.

É relativamente fácil fazer o chefe se tornar eficaz. Mas isso requer centrar-se em suas forças e no que ele pode fazer. Requer explorar as forças e tornar as fraquezas irrelevantes. Poucas coisas tornam o executivo tão eficaz quanto empregar bem as forças do seu superior.

Para saber mais: O melhor de Peter Drucker (Ed. Abril). ?A chave da liderança bem-sucedida nos dias de hoje é influência e não autoridade.? ? Kenneth Blanchard.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima