Comunicação e Resultados – fevereiro de 2006

Carreira

Como gerenciar sua própria carreira

Por Eugênio Sales Queiroz

Muito tem se falado e escrito sobre motivação, profissionalismo, marketing pessoal e networking, além das diversas inteligências que o profissional que deseja ter sucesso precisa usar com eficiência.

Mas, como sabemos, para alcançar o lugar mais alto do pódio é preciso muito mais do que tudo isso. É necessário que a pessoa desenvolva um equilíbrio emocional muito forte, para não desistir diante dos inúmeros obstáculos que terá de enfrentar para se sentir realizado plenamente. Diante disso, o profissional moderno precisará desenvolver novas habilidades, como disciplina, persistência, bom humor, entusiasmo e fé.

Essas são apenas algumas característica importantes que o profissional de hoje deve colocar urgentemente em prática. Fatores como: honestidade, capacidade de inovação e visão estratégica devem fazer parte do cotidiano de todos que desejam gerenciar sua própria carreira profissional.

Outro aspecto importante é o desenvolvimento da habilidade nas suas relações interpessoais. Vive e trabalha melhor aquele que sabe conviver com as pessoas com quem precisa ter contato diariamente.

A habilidade da comunicação também deve fazer parte da vida do profissional moderno. Afinal, quem se comunica bem sabe abrir portas com mais facilidade.

E a motivação, que lugar deve ocupar na vida do profissional moderno? Essa sim move todas as outras características e qualidades pessoais e profissionais que a pessoa precisa manter viva na sua busca pelo tão sonhado sucesso.

Sem motivação não se vai a lugar algum. Até para beber um copo com água é necessário estar motivado. Profissionalmente falando, não consegue sucesso quem não está motivado para tal.

Vale lembrar que praticar o marketing pessoal e usar bem sua rede de relacionamento ajudará muito para que você consiga realizar muito mais do que já conseguiu até aqui.

Inove, amadureça seus conceitos, troque seus problemas por desafios e tome, de uma vez por todas, uma atitude positiva em relação à sua própria vida.

Você merece ser feliz e realizado profissionalmente.

Eugênio Sales Queiroz é consultor/conferencista e uma revelação em palestras motivacionais pelo Brasil. Autor do livro Em Busca da Excelência Profissional.

E-mail: [email protected]

Dica do mês

Hábitos do vendedor

Crie hábitos essenciais para um vendedor que busca o sucesso no que faz. Seja persistente e tenha rotina de contatos por telefone e pessoalmente. Creia na lei do plantio e colheita, procure conhecer em detalhes os clientes com quem se relaciona e, sobretudo, considere-se um profissional de alto nível. Busque atingir essa consideração todo dia.

Armando Correa Neto

Comunicação

Pagar mico às vezes é necessário

As dinâmicas de grupo estão na moda no mundo dos negócios. Mas, como ocorre com tudo que entra na moda, há excessos que devem ser evitados.

Por Adriane Werner

?Lá vem o crocodilo, orangotango, rinoceronte…? Não! O cenário não é um jardim de infância. Um grupo de vendedores de uma grande empresa participa de uma palestra motivacional, e as palavras acima são a letra de uma música que deve ser cantada enquanto se desenvolve uma coreografia agitada. O exercício faz parte de uma dinâmica de grupo. Enquanto o coro brada forte e gesticula expressivamente cada palavra, é possível perceber alguns mais tímidos, que se escondem atrás dos colegas para não gesticular, e balbuciam algumas das palavras da música sem, no entanto, descontrair-se como os outros. Para eles, o exercício não é assim tão divertido. É um mico!

É fato. As dinâmicas de grupo estão na moda em sala de aula, palestras, workshops e treinamentos. Que há excessos por parte dos professores e palestrantes não há dúvida, como ocorre com tudo o que vira moda. Mas é preciso reconhecer que as dinâmicas são uma importante ferramenta para o ensino, para a descontração e mesmo para a motivação.

Os estudos utilizados na pedagogia apontam que o ser humano tem capacidade de aprender com todos os seus sentidos: paladar, tato, olfato, audição e visão, embora a cultura ocidental procure a convergência apenas entre a visão e a audição. Assim, quanto mais sentidos forem utilizados no processo, melhor será o aprendizado. A dinâmica de grupo é uma forma de envolver o grupo ?de corpo todo?. Da mesma forma, os pedagogos apontam que o aprendizado é mais efetivo se, além de ouvir e ver atentamente as explanações feitas por um professor ou palestrante, o grupo puder participar de forma mais ativa, debatendo e executando tarefas. A retenção de informações é sensivelmente maior se o grupo puder trabalhar com envolvimento nos assuntos tratados.

Mas, como os excessos também estão na moda, é válido fazer o alerta. Por mais que seja eficaz para a descontração, aprendizado e motivação, alguns exercícios que têm sido feitos aos montes, como dinâmicas de grupos, são constrangedores para muita gente. É preciso que o grupo perceba a relação entre a dinâmica e a realidade que o espera lá fora e o que se espera com o exercício. Do contrário, cantar ?encontrei um macaquinho de rabo em pé?, batendo palmas e decorando coreografias, terá sido apenas mais um mico, digo, um macaco!

Adriane Werner é jornalista, âncora de TV e ministra cursos de oratória, media training e etiqueta profissional.

E-mail: [email protected]

Comunicação na empresa

Todo mês uma história real de comunicação com final feliz

Para a NSK, uma das maiores fabricantes mundiais de rolamentos, a satisfação de seus colaboradores faz parte do planejamento estratégico da empresa. Por isso, após uma pesquisa que identificou o anseio por aprofundamento na comunicação interna, a NSK criou uma área específica para esse fim. E adotou diversas medidas para aprimorar a comunicação com os colaboradores.

Uma delas foi a criação do jornal bimestral Pessoas & Negócios, com o objetivo manter toda equipe informada sobre o que está acontecendo na empresa. Nesse jornal, há reportagens que auxiliam as pessoas a melhorarem seu desempenho e reconhecer a importância do trabalho dos colegas.

Outro projeto é o desenvolvimento do manual do empregado. O OPEN (Orientador Profissional do Empregado NSK) tem o objetivo de orientar os funcionários sobre como vencer na companhia. De forma lúdica, apresenta os objetivos e metas da empresa, seus princípios, filosofia e visão, além de informações básicas, como benefícios e explicações sobre a função de cada área da empresa.

A NSK também desenvolveu uma nova home page para a intranet. Agora, as principais informações da empresa estão sempre disponíveis. Todos podem publicar facilmente suas notícias, bem como divulgar os eventos de sua área no calendário corporativo. Isso representa um grande passo na desburocratização do fluxo de informações.

?A empresa deve deixar bem claro aonde quer chegar. E a comunicação interna dispõe de todas as ferramentas para levar essa mensagem aos colaboradores, além de ser um canal para ouvi-los. A partir do momento em que o colaborador compreende as intenções e o cenário da empresa, passa a fazer parte do negócio, contribuindo efetivamente para a consecução dos objetivos traçados?, declara Cinthia Gordo, responsável pela comunicação interna da NSK. Que tal você também contar o que está fazendo em sua empresa para melhorar a comunicação interna? Estamos esperando sua história. Basta escrever para o e-mail: [email protected], que entraremos em contato para fazer uma entrevista.

Livros

Como Vender seu Produto ou Serviço como Algo Concreto

Dominic de Souza

O livro trata da fascinante arte de vender, transformando conversas em números, negócios, parcerias e metas. O autor traz uma nova metodologia, que conta com operadores táticos para, em conjunto com a estratégia de vendas do leitor, definir um mapa tático a fim de garantir um crescimento sustentável em vendas.

Editora: Sts

Preço: R$ 22,00*

É Divertido Fazer o Impossível

Roberto Recinella

Einstein foi ridicularizado na Alemanha. Ford foi ignorado por banqueiros e poderosos que não acreditavam em carros em série. Acredite, sonhos podem se tornar realidade. Para isso, é preciso inspiração e atitude. Nesse livro, você encontra 128 textos inspiradores. A atitude é por sua conta. Mexa-se!

Editora: Casa da Qualidade

Preço: R$ 32,00*

Multiplicando Bem-Estar: Como Desenvolver sua Própria Distribuição de Base Domiciliar

Sergio Buaiz

Bem-estar é o que existe de mais raro e valorizado atualmente. Então, por que não ganhar dinheiro com isso? Esse livro ensina a desenvolver sua própria distribuição de base domiciliar, uma espécie de franquia pessoal, que envolve menos riscos, não exige dedicação exclusiva e oferece um potencial de expansão ilimitado.

Editora: Chance Network

Preço: R$ 31,90*

Onde encontrar:

www.livrariascuritiba.com.br

*Preços e disponibilidade pesquisados em novembro/2005

Humor

O balconista de uma loja de roupas finas consulta discretamente o gerente:

? O freguês quer saber se aquele conjunto de lã importado encolhe.

? Ele já experimentou?

? Já.

? Ficou pequeno?

? Não, ficou grande.

? Então diz que encolhe.

E já que o assunto é sabichões, tem aquele açougueiro muito espertinho. A freguesa pede uma galinha. Como só tem uma, ela a pesa e ressalta sua qualidade:

? Uma beleza!

? Não. Essa é muito pequena.

? O açougueiro põe a galinha na geladeira. Finge pegar outra e pesa novamente a mesma, forçando o prato da balança com o polegar.

? Esta é bem mais gorda ? diz.

? Muito bem. Levarei as duas.

Fonte: Terra Piadas

Pensamentos

?A esperança não é um sonho, mas uma maneira de traduzir os sonhos em realidade? Suenens

?Nem tudo o que dá certo é certo? David Capistrano

?O ser, o ter e o fazer são como um triângulo, no qual cada lado serve de apoio para os demais. Não há conflito entre eles? Shakti Gawain

?O sucesso resulta de cem pequenas coisas feitas de forma um pouco melhor. O insucesso, de cem pequenas coisas feitas de forma um pouco pior? Henry Kissinger

?Sorria! Sorrir abre caminhos, desarma os mal-humorados e contamina. Mas sorria com a alma, não apenas com os lábios? Léa Waider

?Tentar e falhar é, pelo menos, aprender. Não chegar a tentar é sofrer a inestimável perda do que poderia ter sido? Geraldo Eustáquio

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima