Comunicar é preciso

Conquistar a intenção de compra do consumidor não é tarefa fácil e requer muito esforço, competência e foco das empresas dispostas a jogar esse jogo.

Criar predisposição de compra é o sonho de consumo de qualquer estratégia de comunicação elaborada para um produto ou serviço. Convencer o consumidor de que determinada marca é mais digna de ser levada para casa, em comparação com todos os seus concorrentes, significa alcançar o Olimpo, propiciando a conquista de participação de mercado, aumento do faturamento da empresa e, o que mais importa, crescimento dos lucros.

Entretanto, conquistar a intenção de compra do consumidor não é tarefa fácil e requer muito esforço, competência e foco das empresas dispostas a jogar esse jogo. Produtos de qualidade, distribuição eficiente e uma política de preços adequada são ferramentas fundamentais para o sucesso dessa empreitada, mas todos os esforços podem ser em vão se a comunicação com o público-alvo não for conduzida de forma eficiente. Segue abaixo um apanhado de regras básicas para se estabelecer uma política de comunicação eficiente:

1. Identifique um nicho ? Em tempos de globalização e de tecnologia acessível a todos, os produtos são cada vez mais semelhantes, oferecendo benefícios reais muito parecidos. Dessa forma, segmentar o público-alvo de sua empresa, buscando conhecer, entender e atender às necessidades de um grupo específico é um ótimo passo para se estabelecer um diálogo com o consumidor, fazendo-o perceber como alguém que se importa com suas necessidades e gostos. Em vez de mais um para todos, procure ser o melhor para alguns.

2. Crie uma identidade ? Quando se quer conquistar a preferência no processo de decisão de compra do consumidor, é fundamental que se crie e divulgue uma imagem de marca. Lembre-se sempre de que as pessoas não compram motocicletas, arroz integral e jóias. Na verdade compram liberdade, saúde e status, respectivamente. Associar a sua empresa ou produto a uma imagem que seja adequada ao nicho de mercado que você deseja explorar é um passo enorme para se identificar com o consumidor, tornando-se a opção natural de compra do mesmo.

3. Seja verdadeiro ? De nada adianta vender uma imagem de jovialidade, dinamismo e vanguarda, se sua empresa for conservadora, tradicional e séria. O consumidor padrão já é maduro o suficiente para não levar gato por lebre, na hora de escolher um produto. Assim, respeite o DNA da sua empresa e procure orientar sua comunicação para consumidores que se identifiquem com o seu jeito de ser e atuar. A possibilidade de interação e de diálogo será muito maior.

4. Mantenha a regularidade ? A guerra para a conquista do consumidor é travada todos os dias, sem trégua. Se você está disposto a lutar, reserve uma parte do seu faturamento mensal e invista regularmente em comunicação. A velha máxima que diz que ?quem não é visto não é lembrado? é mais do que atual e deve ser levada à risca por quem quer conquistar mercado e superar os concorrentes.

5. Seja inovador ? Todos os dias somos bombardeados por milhares de mensagens comerciais. São comerciais de TV, embalagens, anúncios de jornal, degustações, outdoors, eventos, folhetos e tantas outras formas de buscar a atenção do consumidor. Dessa forma, fazer diferente e melhor é uma obrigação constante. Cobre do seu parceiro ? agência de propaganda, escritório de design, agência de marketing promocional, de marketing direto ? criatividade e inovação. Sair do lugar comum, mantendo o bom gosto e o foco no público-alvo, faz com que o seu produto se destaque frente à concorrência, despertando a curiosidade e o interesse do consumidor. Surpreenda positivamente o seu público, faça-o sentir orgulho de consumir sua marca.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima